Jennifer Lovdahl decidiu fazer uma experiência e testar o prazo de uma refeição infantil do McDonald’s.

No dia 8 de janeiro de 2010, comprou um "Happy Meal", constituído por quatro panados de frango e um pacote de batatas fritas, e guardou-o no escritório.

De acordo com o jornal britânico "The Independent", esta segunda-feira, seis anos depois, Jennifer Lovdahl concluiu a experiência e abriu a caixa da refeição. Para seu espanto, os panados de frango e as batatas estavam praticamente intactos.

Leia também: 10 alimentos cancerígenos

"Não apodreceu, nem criou bolor ou começou a decompor-se", escreveu a norte-americana do Alasca no Facebook.

"Só cheira a cartão. Fiz esta experiência para mostrar aos pais o quão pouco saudável esta comida pode ser. Especialmente para as nossas crianças", alerta na referida rede social.

"Prefiram comida verdadeira! Maçãs, bananas, cenouras, aipo… Isso, sim, é comida verdadeira", escreve ainda Jennifer Lovdahl.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.