De acordo com o Boletim da Vigilância de Mortalidade da Direção Geral da Saúde (DGS), na primeira semana deste ano (entre os dias 01 e 03 de janeiro) registaram-se 1.238 óbitos.

No mesmo período de 2014 (entre 01 a 04 de janeiro), tinham sido registados 1.500 mortes.

Na segunda semana de janeiro deste ano, de acordo com a mesma fonte, morreram 2.268 pessoas, por todas as causas, contra os 2.448 óbitos no mesmo período do ano passado.

Segundo o Boletim de Vigilância Epidemiológica da Gripe, elaborado pelo Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA), na primeira semana do ano registou-se uma mortalidade por “todas as causas” acima do esperado.

O mesmo documento indica que, neste período, o número de casos de gripe.

O Boletim dá conta do início do período epidémico, com uma taxa de incidência da síndrome gripal de 127,7 casos por cada 100 mil habitantes, acima da zona de atividade basal.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.