Profissionais, utentes e familiares vão realizar um cordão humano junto à Maternidade Alfredo da Costa (MAC), terça-feira, contra o encerramento desta instituição, disseram à Lusa fontes clínicas.

A ideia do “Abraço à MAC” partiu de profissionais desta instituição – médicos, enfermeiros e administrativos – mas também de utentes e familiares de utentes que se consideram ligados à MAC.

As mesmas fontes adiantaram que o clima na instituição é de alguma expetativa, após notícias contraditórias sobre o futuro desta maternidade.

Na quinta-feira, Francisco Louçã (BE) anunciou no Parlamento que a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo transmitiu aos diretores de serviço da MAC a intenção de encerrar a unidade, mas horas depois o presidente desta ARS disse que este é apenas um cenário.

Os profissionais de saúde reagiram de imediato e reuniram-se no anfiteatro da instituição, tendo decidido não se pronunciar sobre as notícias, mas revelando sob anonimato que estão decididos a lutar pela manutenção das equipas da MAC.

Hoje mesmo, o ministro da Saúde disse que a Mac deveria encerrar durante a presente legislatura, tendo-se limitado a afirmar que o mais importante da MAC – o seu "know-how" e as equipas – seriam mantidos.

09 de abril de 2012

@Lusa

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.