"Uma mulher foi diagnosticada com a doença no sudeste de Queensland ontem (terça-feira), depois de uma viagem recente ao exterior", anunciou o ministério regional da Saúde do estado de Queensland.

"A mulher está grávida. Não é um caso de contágio local do vírus", completou o ministério.

Este é o terceiro caso de vírus Zika registado este ano em Queensland, mas as autoridades confirmaram que um deles - o de uma mulher que viajou para El Salvador — foi contraído em 2015.

Os cientistas acreditam que o Zika pode ser responsável pelo aumento dos casos de microcefalia em recém-nascidos em vários países da América Latina, em particular no Brasil.

Apesar dos casos registados na Austrália, as autoridades consideram pequeno o risco de uma epidemia em grande escala naquele país.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.