No final do Fórum Médico, que agrega a Ordem, os sindicatos e várias associações e sociedades médicas, o bastonário Miguel Guimarães indicou que se pretende responsabilizar a ministra da Saúde jurídica e publicamente.

O Fórum pedirá ainda encontros com caráter de urgência ao primeiro-ministro, ao Presidente da República, aos líderes parlamentares da Assembleia da República e às comissões parlamentares de Saúde e de Assuntos Constitucionais.

O bastonário dos Médicos esclareceu à Lusa que as ações jurídicas a tomar implicam processos em tribunal de responsabilização da ministra Marta Temido por inação.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.