Há 10 anos a taxa de cremação rondava os 2% em Portugal, mas hoje situa-se nos 28%. A cremação é uma tendência crescente em Portugal e o mercado das funerárias mostra que o negócio também pode ser inovador e divertido mesmo em momentos de dor. A CRE-MAR nasceu em Coimbra, promete chegar a todo o território continental em menos de duas horas e eternizar de forma original o seu ente querido.

"Somos a primeira plataforma direcionada para a contratação de serviços de cremação direta. Damos oportunidade às pessoas de transformar as cinzas fúnebres em diamantes de memorial", disse Vítor Oliveira ao site Euronews durante a cimeira da Web Summit 2021 em Lisboa.

"Acreditamos que existe uma maneira melhor de tomar decisões no momento de perda", explica a empresa no seu site. "Tudo pode ser feito no site, é 100% online. Oferecemos acesso à cremação num crematório sem cerimónia, na tentativa de suavizar um momento tão difícil como a perda de um ente querido. Posicionamo-nos no mercado de forma a tornar simples, célere e económico todo o processo, desde a logística até à documentação", adianta.

Preços fixos

"Com a CRE-MAR, sabe exatamente quanto vai pagar, antecipadamente. O nosso preço é único, são 895 euros, e inclui tudo do início ao fim", lê-se.
"Apenas um serviço completo e único, com tudo incluído, simples e transparente, não deixa surpresas ou custos inesperados. Todos os nossos parceiros de serviço são licenciados e aprovados", adianta.

Segundo a CRE-MAR, as cinzas fúnebres são transformadas num diamante de memorial certificado com 0,20, 0,50 e 1 quilate(s) sem corte ou corte brilhante.

A CRE-MAR presta serviços de atendimento 24 horas por dia, 7 dias por semana, através de telefone, chat e email, bem como apoio ao luto.

Funeral amigo do ambiente

"O sobrelotamento dos cemitérios é um problema. Felizmente a forma como dizemos adeus aos nossos parentes tem-se alterado ao longo dos anos com o aumento da cremação. Somos o website mais inovador a nível ecológico, na tentativa de reduzir as emissões de dióxido de carbono (CO2). É um compromisso e um dos motores, a par da transição digital, sobre o qual deve assentar a recuperação económica da Europa", revela.

A Web Summit decorre entre 01 e 04 de novembro em Lisboa, em modo presencial, depois de a última edição ter sido ‘online’ e a organização espera cerca de 40 mil participantes, segundo revelou, em setembro, Paddy Cosgrave, presidente executivo da cimeira.

A Web Summit reúne mais de 1.000 oradores, 1.250 'startups', 1.500 jornalistas e 700 investidores, numa cimeira na qual serão discutidos temas como tecnologia e sociedade, entre outros, de acordo com a organização.

Apesar do número previsto de visitantes ser este ano cerca de menos 30 mil do que na última edição presencial, em 2019, as autoridades consideram que se trata do "maior evento de 2021" a ter lugar em Lisboa. Com Lusa

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.