Dois aviões com cidadãos dos Estados Unidos deixaram a cidade chinesa de Wuhan, epicentro da nova epidemia de coronavírus, anunciaram esta terça-feira fontes do Departamento de Estado americano.

As duas aeronaves descolaram com mais de 300 passageiros a bordo, elevando para cerca de 500 o número de americanos repatriados, segundo um funcionário do departamento.

"Todos os passageiros foram examinados no aeroporto antes do embarque" e serão submetidos a uma "observação médica" assim que chegarem a Washington, informou a autoridade à AFP.

Um primeiro voo com 195 americanos deixou Wuhan na semana passada. Todos os passageiros foram colocados em quarentena obrigatória, a primeira decretada pelo governo dos Estados Unidos desde os anos 1960, que durará em média 14 dias em uma instalação especialmente habilitada.

A epidemia na China já causou a morte de mais de 490 pessoas e a contaminação de 24.000, de acordo com o último relatório divulgado pelas autoridades locais.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.