“Hoje chegou ao nosso conhecimento uma carta de demissão da totalidade dos chefes de equipa de cirurgia do Hospital de Santa Maria”, disse Jorge Roque da Cunha, solidarizando-se com os médicos.

O dirigente sindical adiantou que “há vários meses” que os profissionais de saúde têm chamado a atenção para “a insuficiência das equipas, não só a nível do serviço de urgência como também no próprio serviço”.

“É um quadro envelhecido” que se agravou nos últimos meses com a saíde de profissionais que entretanto se reformaram e não têm conseguido contratar médicos, adiantou.

Contactado pela Lusa, o Hospital Santa Maria remeteu esclarecimentos para um comunicado a divulgar ainda hoje.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.