A deteção de animais contaminados levou a DGAV  a impor medidas sanitárias adicionais, tendo determinado através de edital que "todos os animais abatidos em atos venatórios (batidas, montarias ou ações de correção de densidade populacional com recurso a utilização de cães, com exceção das esperas, praticados na área destes concelhos, sejam submetidos a pesquisa de Trichinella antes de qualquer tipo de consumo, quer para colocação no mercado, quer para consumo doméstico privado".

10 formas de obter proteínas sem comer carne
10 formas de obter proteínas sem comer carne
Ver artigo

A Triquinelose é uma doença causada por parasitas da espécie Trichinella. Nos animais está frequentemente associada à infeção do porco doméstico (Sus domésticos) e do javali (Sus scrofa).

O homem também pode padecer desta doença, reconhecendo-se hoje que, na Europa Ocidental, a principal fonte de infeção para o homem ocorre por ingestão de carne de javali e de porco cozinhada a baixas temperaturas ou a produtos cárnicos (como é o caso de enchidos).

Quais são os sintomas?

"No homem, os principais sintomas associados à Triquinelose incluem dor abdominal, náuseas, vómitos e diarreias, dores musculares, dificuldade respiratória, dificuldade em deglutir, edema das pálpebras. Em casos mais graves pode ocorrer insuficiência cardíaca e distúrbios neurológicos como dor de cabeça e vertigem", explica Madalena Vieira-Pinto, responsável pelo serviço de despiste de Trichinella em carne de javali, realizado no Laboratório de Tecnologia, Qualidade e Segurança Alimentar (TeQSA) da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD).

Estas intoxicações alimentares podem matar
Estas intoxicações alimentares podem matar
Ver artigo

Neste laboratório, a resposta é dada em 24 horas, após a receção das amostras, o que permite ao caçador ter uma resposta célere antes do consumo da carne dos animais caçados.

O despiste tem de ocorrer em laboratório porque a larva da Trichinella não é visível a "olho nu".

Atualmente, de acordo com a legislação em vigor, todas carcaças de javali destinadas a serem comercializadas para consumo humano têm de ser sistematicamente sujeitas à pesquisa de Triquinella como parte do seu exame post mortem, em matadouros ou em estabelecimentos de preparação de caça.

Agora também o consumo doméstico privado passa a ter esta obrigatoriedade, “pelo menos nos concelhos da Região de Trás-os-Montes”, acrescenta a responsável do TeQSA.

Os caçadores e agentes interessados neste serviço poderão contactar o laboratório TeQSA através do email mmvpinto@utad.pt ou do telefone nº 259 350 904 para posterior envio das amostras.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.