O tribunal de Nevers, centro de França, acrescentou a esta pena a proibição definitiva de exercer a profissão e multas num valor total de 10.500 euros.

Durante a fase de instrução do processo, a Procuradoria denunciou aquilo a que chamou um "desastre de saúde" provocado por Van Nierop, de 51 anos, autor de "violências cujo objetivo era obter reembolsos" cada vez maiores do serviço de segurança social.

A procuradora Lucile Jaillon Bru citou uma avaliação psicológica segundo a qual a personalidade do acusado era descrita como sendo movida pela "cobiça e ausência total de compaixão".

Mark Van Nierop instalou-se em 2008 em Château Chinon e abriu um consultório nesta cidade, situada numa região da França na qual os serviços de saúde são diminutos.

Leia também15 alimentos que os dentistas nunca comem

Leia também12 coisas que o dentista sabe sobre si

No seu consultório, recebia entre 18 e 26 pacientes por dia até que as queixas começaram a chegar à Justiça e ao regulador da Saúde. Contam-se no total 120 vítimas queixosas.

Desvitalizações em dentes saudáveis, vários dentes rebentados por causa de uma cárie localizada, oito dentes arrancados por uma ponte mal feita ou a boca ensanguentada durante dias são só alguns exemplos.

Em julho de 2012, com a desculpa de ter o braço imobilizado devido a um acidente doméstico, fechou o consultório.

No fim de 2013, quando já estava acusado e debaixo de fogo judicial, fugiu para o Canadá, segundo ele, com a intenção de se suicidar.

Foi detido neste país em setembro de 2014, quando tentava, efetivamente, suicidar-se. Durante a investigação foi descoberto que também tinha tido problemas na Holanda por motivos semelhantes.

O acusado remeteu-se ao silêncio durante todo o julgamento, respondendo apenas "sem comentários" cada vez que lhe era feita alguma questão.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.