“As verbas angariadas por Unidos por Portugal servirão agora para responder aos pedidos de apoio de 775 instituições para equipamentos de proteção individual e para equipamentos de proteção individual hospitalar”, esclareceu a FPF.

Para o caso dos hospitais, a Unidos por Portugal desenvolveu, em parceria com a Open Air, o primeiro kit reutilizável com todo o equipamento de proteção necessário para os profissionais de saúde na linha da frente na luta contra a covid-19.

“Validado por médicos, cada kit é composto por um fato de corpo inteiro com proteção de pescoço e ombros, touca, viseira, máscara FFP2 / FFP3, avental, luvas até ao cotovelo e cobre-botas até ao joelho”, explicou a federação, que informou que vão ser enviados também óculos de proteção para os profissionais mais expostos.

Através de um parceiro alimentar, vão ainda ser doados bens alimentares às IPSS.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia de covid-19, já infetou mais de um milhão de pessoas em todo o mundo, das quais morreram perto de 54 mil. Dos casos de infeção, cerca de 200.000 são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde a declarar uma situação de pandemia, e o continente europeu é neste momento o mais atingido, com cerca de 560 mil infetados e perto de 39 mil mortos.

Em Portugal, que está em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até às 23:59 de 17 de abril, registaram-se 246 mortes e 9.886 casos de infeções confirmadas, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.