Em declarações à agência Lusa, a Delegada de Saúde Pública do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Médio Tejo disse que, dos 40 casos positivos confirmados no dia 29 de outubro, 33 em utentes e sete em funcionários, há a acrescentar mais sete casos detetados nos últimos dias, dois em utentes e cinco em profissionais.

A ERPI em Pego, no distrito de Santarém, conta, "neste momento, com 35 utentes e 12 profissionais" positivos ao novo SARS-CoV-2, três dos quais nas últimas 24 horas (um utente e dois profissionais do lar), estando a grande maioria dos utentes a ser acompanhados na instituição e os profissionais em isolamento profilático, num surto em que "não há nenhum óbito a registar", disse Maria dos Anjos Esperança.

No total, a ERPI, situada na freguesia do Pego (Abrantes), tem hoje 47 casos ativos em 35 utentes e em 12 funcionários, precisou a Delegada de Saúde, tendo adiantado que na quinta-feira "todo os funcionários e utentes" do Centro Social do Pego "que tiveram os testes negativos voltam a ser testados novamente".

A instituição tem 65 utentes e 71 funcionários.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,2 milhões de mortos em mais de 47,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.694 pessoas dos 156.940 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.