A pensão, localizada na zona dos Anjos, foi evacuada no sábado depois de identificadas três pessoas infetadas pela covid-19, levando ainda à retirada de outras 88, realojadas em isolamento num hotel.

Os cidadãos já foram todos submetidos a testes à doença, tendo sido registados três casos positivos, nove inconclusivos e 76 negativos, disse hoje à Lusa o vereador da Proteção Civil, Carlos Castro (PS).

Segundo o autarca, as 16 pessoas que não regressaram na noite de segunda-feira à pensão encontram-se em confinamento e com acompanhamento no hotel para o qual foram encaminhadas no sábado.

Além dos nove inconclusivos e dos três positivos, ficaram no hotel mais quatro pessoas, cujo teste deu negativo, mas que estavam em quartos com alguns destes casos, acrescentou Carlos Castro.

No sábado, o vereador da Proteção Civil disse à Lusa que seriam 93 as pessoas retiradas, mas hoje informou que foram 88.

"A autoridade de saúde, por uma questão de precaução, considerou que era desejável evacuar a pensão", tendo sido montado um dispositivo que levou à retirada, a partir das 19:00 de sábado, de 93 pessoas que estavam no alojamento, disse o vereador naquele dia.

A evacuação ocorreu uma vez que "foi detetado que três pessoas que acusaram covid-19 estiveram há dias na pensão no centro da cidade", tendo sido depois hospitalizadas.

Na operação de evacuação da pensão e transferência dos hóspedes estiveram envolvidas cerca de 30 pessoas, entre autoridades sanitárias, Polícia Municipal, Cruz Vermelha e bombeiros, em articulação com a Segurança Social e Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já provocou mais de 120 mil mortos e infetou mais de 1,9 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Dos casos de infeção, cerca de 402 mil são considerados curados.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registam-se 567 mortos, mais 32 do que na segunda-feira (+6,%), e 17.448 casos de infeção confirmados, o que representa um aumento de 514 (+3%).

Dos infetados, 1.227 estão internados, 218 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 347 doentes que já recuperaram.

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde de 19 de março e até ao final do dia 17 de abril.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.