A direção geral de Saúde de Inglaterra (Public Health England, PHE) anunciou que o número de infeções com a variante B.1.617.2 mais do que duplicou, de 202 para 520 numa semana, pelo que está a causar apreensão.

Segundo a PHE, “os indícios sugerem que essa variante, detetada pela primeira vez na Índia, é pelo menos tão transmissível quanto B.1.1.7 (a variante de Kent)”, a estirpe descoberta no Reino Unido e atualmente prevalente na Europa.

Na véspera, o Reino Unido tinha contabilizado 13 mortes e 2.613 casos.

Nos últimos sete dias, entre 01 e 07 de maio, a média diária foi de 12 mortes e 2.060 casos, o que corresponde a uma descida de 38,6% no número de mortes e 7,1% no número de infeções relativamente aos sete dias anteriores.

Desde o início da pandemia, no Reino Unido foram notificados 127.598 óbitos de covid-19 num total de 4.431.043 infeções confirmadas no país.

Desde dezembro foram imunizadas 35.069.641 pessoas com uma primeira dose de uma vacina contra a covid-19, das quais 16.764.720 já receberam também a segunda dose, administrada com um intervalo de entre três e 12 semanas.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.258.595 mortos no mundo, resultantes de mais de 155,9 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.989 pessoas dos 838.852 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.