Segundo a DGS, quase 60% dos novos casos que surgiram nas últimas 24 horas ocorreram na região Norte, ao registar hoje mais 1.954 infeções de covid-19, num total de 44.875 e 987 mortos desde o início da pandemia.

O Governo decretou hoje para os concelhos de Felgueiras, Lousada e Paços de Ferreira, no distrito do Porto, o dever de permanência no domicílio a partir das 00:00 de sexta-feira, a proibição de quaisquer eventos com mais de cinco pessoas, bem como a obrigatoriedade de os estabelecimentos encerrarem às 22:00 e o teletrabalho ser obrigatório para todas as funções que o permitam.

Portugal regista hoje um novo recorde de infeções diárias, com 3.270 novos casos de infeção com o novo coronavírus, e mais 16 mortes relacionadas com a covid-19.

Os internamentos hospitalares também atingiram nas últimas 24 horas os valores máximos registados desde março, num total de 1.365, mais 93 pessoas internadas do que na quarta-feira.

Nos cuidados intensivos estão internados 200 doentes, mais 13 do que na quarta-feira. O máximo de internamentos em Unidades de Cuidados Intensivos foi registado em 07 de abril, dia em que 217 pessoas estavam nestas unidades com covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2.

A região de Lisboa e Vale do Tejo surge em segundo lugar no mapa de Portugal de novos casos diários, tendo sido notificados nas últimas 24 horas 936 novos casos de infeção, contabilizando a região 50.395 casos e 904 mortes.

As autoridades de saúde têm 55.809 pessoas em vigilância, menos 73 do que na quarta-feira.

A DGS revela ainda que estão ativos 42.765 casos, mais 1.961 que nas últimas 24 horas.

Segundo o boletim epidemiológico, das 16 mortes registadas, sete ocorreram na região Norte, seis em Lisboa e Vale do Tejo, duas no Centro e uma no Alentejo.

Nas últimas 24 horas 1.293 doentes recuperaram, totalizando 64.531 desde o início da pandemia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.