Ana Maslac-Plenkovic fez o teste no sábado, após sentir leves sintomas de febre. O marido também foi testado, mas o resultado foi negativo.

Como medida de precaução, Plenkovic ficará isolado durante dez dias em sua casa, a partir da qual continuará a trabalhar.

À semelhança de muitos outros países europeus, a Croácia está a enfrentar uma segunda onda da pandemia, com números de infeção e mortalidade mais altos do que na primeira, em março e abril.

No último dia, foram contabilizados 2.919 novos casos e 57 mortes, informaram hoje as autoridades sanitárias do país.

Na Croácia, existem agora 23.062 infeções ativas, com 2.273 pacientes hospitalizados, dos quais 260 em cuidados intensivos.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.453.074 mortos resultantes de mais de 62,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 4.427 pessoas dos 294.799 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.