De acordo com o boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS) estão hoje internadas 923 pessoas com covid-19, mais 28 em relação a sábado, 200 das quais em cuidados intensivos, mais cinco nas últimas 24 horas.

A área de Lisboa e Vale do Tejo com 770 casos e a região Norte com 874 têm 71,2% do total das novas infeções verificadas nas últimas 24 horas.

As oito mortes ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo (5), na região Norte (2) e na região do Alentejo (1).

No que respeita às faixas etárias, sete das vítimas mortais tinham mais de 80 anos e uma entre os 70 e os 79.

Relativamente ao total de 2.306 infeções nas últimas 24 horas, o boletim revela que 225 têm entre os 0 e os 9 anos, 417 entre os 10 e os 19 anos, 564 entre os 20 e os 29 anos, 363 entre os 30 e os 39 anos, 301 entre os 40 e os 49 anos, 201 entre os 50 e os 59 anos, 103 entre os 60 e os 69 anos, 74 entre os 70 e os 79 anos e 63 com mais de 80 anos.

Os dados divulgados pela DGS mostram também que há mais 798 casos ativos, totalizando 50.054 e que 1.500 pessoas foram dadas como recuperados nas últimas 24 horas, o que aumenta o total nacional para 903.514 recuperados.

Desde o início da pandemia, em março de 2020, morreram em Portugal 17.369 pessoas e foram registados 970.937 casos de infeção.

As autoridades de saúde têm em vigilância nas últimas 24 horas menos 1.746 pessoas, totalizando 75.709.

A região de Lisboa e Vale do Tejo com a notificação de 770 novas infeções, contabiliza até agora 379.426 casos e 7.415 mortos.

Na região Norte foram registadas hoje 874 novas infeções por SARS-CoV-2, totalizando 376.240 casos de infeção e 5.428 mortes desde o início da pandemia.

Na região Centro registaram-se mais 227 casos, acumulando-se 130.048 infeções e 3.043 mortos.

No Alentejo foram assinalados mais 129 casos, totalizando 33.863 infeções e 982 mortos desde o início da pandemia.

Na região do Algarve o boletim de hoje revela que foram registados 241 novos casos, acumulando-se 33.192 infeções e 392 mortos.

A região Autónoma da Madeira registou 17 casos, somando 10.634 infeções e 71 mortes devido à covid-19 desde março de 2020.

Os Açores têm hoje 48 novos casos contabilizando 7.534 casos e 38 mortos desde o início da pandemia.

As autoridades regionais dos Açores e da Madeira divulgam diariamente os seus dados, que podem não coincidir com a informação divulgada no boletim da DGS.

O novo coronavírus já infetou em Portugal pelo menos 445.806 homens e 524.476 mulheres, mostram os dados da DGS, segundo os quais há 665 casos de sexo desconhecido, que se encontram sob investigação, uma vez que esta informação não é fornecida de forma automática.

Do total de vítimas mortais, 9.116 eram homens e 8.253 mulheres.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se nos idosos com mais de 80 anos, seguidos da faixa etária entre os 70 e os 79 anos.

Do total de mortes, 11.365 eram pessoas com mais de 80 anos, 3.718 com idades entre os 70 e os 79 anos, e 1.577 tinham entre os 60 e os 69 anos.

Quanto às infeções o boletim revela que do total de 970.937 pessoas infetadas desde o início da pandemia, 57.623 tinham entre os 0 e os 9 anos, 96.832 entre os 10 e os 19 anos, 150.964 entre os 20 e os 29 anos, 143.825 entre os 30 e os 39 anos, 159.754 entre os 40 e os 49 anos, 136.682 entre os 50 e os 59 anos, 92.787 entre os 60 e os 69 anos, 59.547 entre os 70 e os 79 anos e 72.268 com mais de 80 anos.

A taxa de incidência nacional de infeções pelo vírus SARS-CoV-2 por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias desceu na sexta-feira para os 419,2 casos, assim como o índice de transmissibilidade que é agora de 0,98.

No continente, este indicador estabilizou, registando na sexta-feira o mesmo valor de quarta-feira e de segunda-feira, ou seja, 439,3 de infeção por SARS-CoV-2 por 100 mil habitantes.

Quanto ao Rt - que estima o número de casos secundários de infeção resultantes de uma pessoa com o vírus - desceu para os 0,98 a nível nacional, mantendo a tendência descendente.

No continente o Rt desceu também dos 1,01 para os 0,98.

Os dados do Rt e da incidência de novos casos por 100 mil habitantes a 14 dias - indicadores que compõem a matriz de risco de acompanhamento da pandemia - são atualizados pelas autoridades de saúde à segunda-feira, à quarta-feira e à sexta-feira.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 4.220.816 mortos em todo o mundo, entre mais de 197,8 milhões de casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o balanço mais recente da agência France-Presse, divulgado no domingo.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil e Peru.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.