Em declarações à agência Lusa, o provedor da Santa Casa da Misericórdia (SCM) de Alcáçovas, João Penetra, indicou que este idoso morreu na segunda-feira, no Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE).

O utente, de 96 anos, infetado pelo novo coronavírus SARS-CoV-2 “foi transportado para o hospital” e “faleceu ao fim de algumas horas”, adiantou o responsável.

Segundo o provedor da SCM de Alcáçovas, o lar tem agora “só um utente infetado” com o vírus que provoca a covid-19, o qual se encontra a recuperar da doença na instituição, uma vez que um outro “já teve hoje alta”.

João Penetra precisou que, quando eclodiu o surto de covid-19, o lar tinha um total de 108 utentes, dos quais 97 ficaram infetados e, destes, 34 morreram.

Quanto aos funcionários da instituição, o provedor realçou que três ainda têm a doença e estão a cumprir quarentena, enquanto outros 37 já recuperaram e a maioria regressou ao trabalho.

“Já não temos pessoas de fora da instituição a trabalhar no lar e, a pouco e pouco, estamos a voltar à normalidade”, disse, referindo-se aos trabalhadores de uma empresa contratada durante um mês para a prestação de cuidados aos utentes do lar.

O responsável da Misericórdia de Alcáçovas notou que o surto na instituição “não foi dado como resolvido porque ainda faltam alguns dias” para serem cumpridos “os 20 dias desde que foi detetado o último infetado”.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.325.744 mortos no mundo, resultantes de mais de 106,4 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 14.557 pessoas dos 770.502 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.