Graças Freitas atualizou os números na habitual conferência de imprensa na Direção-Geral da Saúde (DGS), em Lisboa, sobre a evolução da pandemia da covid-19 em Portugal.

Segundo a diretora-geral da Saúde, houve "um aumento da incidência cumulativa a 14 dias por cem mil habitantes", para 542 casos por cem mil habitantes no país, sendo a taxa "mais homogénea entre concelhos e regiões".

O Alentejo destaca-se, no entanto, por ser a região com a incidência de contágios "mais elevada", com 666 casos por cem mil habitantes.

Graças Freitas adiantou que mais de 170 mil pessoas em isolamento profilático ou por doença estão a ser acompanhadas pelo Serviço Nacional de Saúde.

Durante a conferência de imprensa, a diretora-geral da Saúde aconselhou as pessoas, terminado o período do Natal e do Ano-Novo, a estarem "muito atentas ao aparecimento de sinais ou sintomas", sobretudo as que, durante as festividades, circularam fora do seu "núcleo familiar habitual".

A pandemia da covid-19 provocou pelo menos 1.854.305 mortos resultantes de mais de 85 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência noticiosa francesa AFP.

Em Portugal, morreram 7.286 pessoas dos 436.579 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da DGS.

O país contabilizou hoje mais 90 mortes relacionadas com a covid-19 e 4.956 novos casos de infeção pelo novo coronavírus.

A covid-19 é uma doença respiratória causada por um novo coronavírus (tipo de vírus) detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China, e que se disseminou rapidamente pelo mundo.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.