O aumento estará também associado aos novos surtos identificados, segundo a ministra.

Portugal registou mais duas mortes relacionadas com a COVID-19 e 362 novos casos confirmados de infeção nas últimas 24 horas, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) hoje divulgado.

“Esperamos que sejam números que se esbatam nos próximos dias, o que só com o passar do tempo poderemos confirmar”, afirmou Marta Temido durante a habitual conferência de imprensa, no Ministério da Saúde, em Lisboa, para atualizar a informação relativa à pandemia de COVID-19.

Para a ministra, os números de hoje e os anteriores sublinham “a fragilidade” das conquistas alcançadas na luta contra a pandemia de COVID-19.

“Temos tido uma situação epidemiológica que tem sido acomodável sob o ponto de vista da resposta do sistema de saúde português, e concretamente do SNS, e isso decorre de um esforço enorme não só dos profissionais de saúde, mas também de um conjunto de outras estruturas”, entre as quais equipamentos socais, de autarquias, da Proteção Civil e outros organismos, referiu a ministra.

“Temos a obrigação de manter comportamentos que honrem este esforço, em nome daquilo que queremos que seja o próximo regresso à escola e da retoma da atividade assistencial normal no Serviço Nacional da Saúde”, defendeu.

Portugal contabiliza pelo menos 1.806 mortos associados à COVID-19 em 56.274 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.