Já se imaginou a passar o dia a ingerir batatas fritas, folhados, chocolates e refrigerantes à base de cola e ainda a receber o equivalente a mais de cinco salários mínimos nacionais por isso? A insólita oferta está a ser feita pelo Centre Hospitalier Universitaire Vaudois (CHUV), na Suíça, que procura voluntárias entre os 18 e os 35 anos, saudáveis, para desenvolver um estudo sobre sobrenutrição. Em troca, o organismo paga-lhes 3.000 francos suíços, cerca de 2.750 €.

Os responsáveis envolvidos na investigação pretendem que, durante a pesquisa, as mulheres engordem entre quatro a cinco quilos. «Este estudo começou a ser feito há dois anos e vai prolongar-se por mais outros dois», referiu o médico Ismael Turk a um jornal local. Durante os trabalhos, as voluntárias têm de estar disponíveis durante vários dias, não consecutivos, para ingerir os alimentos propostos.

Além dos 3.000 francos suíços, no final da sua participação, as seleccionadas recebem ainda apoio especializado para voltar a recuperar o peso inicial. Em média, uma mulher que necessite de 2.200 calorias por dia terá de adicionar à sua alimentação normal duas latas de refrigerante de cola, um folhado de chocolate, um chocolate Mars e meio pacote de batatas fritas. «Se o fizer, ganha facilmente um quilo por semana», assegura Ismael Turk.

Texto: Luis Batista Gonçalves

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.