O Centro Hospitalar da Cova da Beira (CHCB) abriu um inquérito interno para averiguar como foi acompanhada a gravidez de uma criança que nasceu no domingo sem um pé, disse hoje à Agência Lusa um diretor da unidade.

O problema só foi detetado no momento do parto, no Hospital Pêro da Covilhã, apesar do acompanhamento ter sido feito no mesmo hospital, referiu José Martinez, diretor do Departamento de Saúde da Criança e da Mulher.

"Toda a gente ficou pasmada com a situação", reconheceu.

Apesar da situação, nem o bebé, nem a mãe correm qualquer risco clínico, acrescentou.

A situação levou o hospital a reunir um grupo de médicos "para analisar o arquivo de ecografias e averiguar se houve algum lapso no acompanhamento da gravidez" que tenha feito com que o problema não fosse detetado, explicou aquele responsável.

Questionado pela Agência Lusa sobre a possibilidade de haver negligência médica, José Martinez considerou-a abusiva.

"Pode haver uma omissão, pode haver muita coisa ou não. É preciso ver se houve algum lapso", destacou, esclarecendo que as ecografias da gravidez em causa "vão ser analisadas por um grupo de pessoas habituadas a analisar estes exames".

O inquérito pode "demorar alguns dias" e, além das averiguações clínicas, a situação já terá também originado "uma queixa dos familiares junto do hospital" que poderá levar a outras ações internas.

3 de janeiro de 2011

@Lusa

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.