O aumento da incidência deste tipo de tumores entre a população mais jovem, devido ao estilo de vida, contraria o declínio a longo prazo no número de casos em pacientes com mais de 50.

Nestes, é cada vez mais comum a realização crescente de exames, como colonoscopias.

O crescimento projetado deste tumor nos jovens baseia-se na constatação da generalização de uma alimentação pouco saudável, para além de outros fatores relacionados com o estilo de vida, destacou a revista Surgery, da Associação Médica Americana.

O cancro colorreral é um dos tipos de tumores mais comuns e ao mesmo tempo mais mortais.

Até 2030, um em cada dez cancros do cólon e um em cada quatro casos de cancro do reto serão diagnosticados em pacientes com menos de 50 anos, destacou o estudo realizado por cientistas da Universidade do Texas, conduzido por George Chang.

Fatores como a obesidade, o sedentarismo e a adoção da dieta ocidental, rica em gorduras saturadas, pode aumentar os riscos "exponencialmente", destaca a investigação.

Estima-se que quase 137.000 pessoas serão diagnosticadas com cancro colorretal nos Estados Unidos até ao final deste ano e mais de 50.000 morrerão da doença, segundo estatísticas publicadas no artigo.

O cancro colorretal é o terceiro mais comum entre homens e mulheres e é a terceira principal causa de morte por tumor maligno.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.