O balanço anterior, citado pela agência sul-coreana Yonhap, era de 12 mortos.

A maioria das vítimas mortais eram pessoas idosas que faziam trabalhos agrícolas ou atividades físicas ao ar livre apesar das altas temperaturas, segundo as autoridades locais.

Mais de mil pessoas tiveram de ser tratadas por doenças relacionadas com o calor desde 20 de maio, tendo sido registadas cerca de 200 casos nos últimos dias, segundo o jornal The Korea Herald.

As autoridades meteorológicas advertiram hoje para temperaturas superiores a 35 graus Celsius na maior parte do território do país asiático.

A sensação térmica real poderá atingir valores superiores, segundo os meteorologistas, que apelaram para a prudência.

Os termómetros ultrapassaram os 30 graus no início do dia de hoje e as zonas urbanas, como Seul, viveram uma noite tropical, segundo a agência espanhola EFE.

A agência meteorológica nacional avisou que a vaga de calor deverá continuar nos próximos dias e que a temperatura poderá subir mais de dois graus na terça e na quarta-feira.

As autoridades também alertaram para a possibilidade de cortes de energia devido ao aumento da procura de eletricidade devido à vaga de calor.

Não há informações sobre uma eventual onda de calor na Coreia do Norte.

A agência oficial, a KCNA, noticiou hoje que as autoridades estão empenhadas no reforço dos projetos destinados a fazer face às catástrofes climáticas no setor da gestão urbana.

Em particular, estão a “averiguar em pormenor se há danos causados pela estação das monções para tomar medidas de combate, uma vez que tem chovido muito em toda a região nos últimos tempos”, acrescentou a KCNA.

No vizinho Japão, a agência nacional de meteorologia mantém há dias um alerta de temperaturas elevadas para quase todo o arquipélago, com especial destaque para a região de Tóquio e arredores e para o oeste do país.

A agência emitiu hoje um novo aviso devido ao calor para a semana de 06 a 14 de agosto.

As autoridades estão a pedir à população idosa que tome especial cuidado depois da morte de um casal em Tóquio, aparentemente devido a um golpe de calor.

As duas vítimas foram encontradas por uma assistente social que as tinha ido visitar a casa, cujo ar condicionado estava desligado.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.