Em comunicado, o Centro Hospitalar do Porto refere que “uma avaria espontânea no posto de transformação elétrica do Centro Materno Infantil do Norte (CMIN) [na tarde de quarta-feira] condicionou o seu funcionamento”, mas salienta que “o grupo gerador de substituição entrou em funcionamento, assegurando a normal operação de todo o hospital”.

Apesar de assegurada a normal operação do CMIN, o Centro Hospitalar do Porto sublinha que, por precaução, foi decidido transferir dez doentes para o “Santo António”.

“Constatou-se que a avaria implica a substituição de uma peça principal do posto, com um tempo de reparação previsível até ao início da manhã de 02 de fevereiro [hoje]. Por isso, decidiu-se, visando a segurança, transferir os doentes que necessitam de suporte de aparelhos sensíveis a picos de tensão elétrica”, esclarece.

O Centro Hospitalar do Porto, que integra o Santo António e o CMIN, acrescenta que “por volta das 02:00, a avaria elétrica ficou reparada”.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.