A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), através da sua Unidade Regional do Sul – Unidade Operacional de Santarém, apreendeu cerca de 4.200 litros de azeite falsificado na zona de Porto de Mós.

10 alimentos venenosos potencialmente fatais
10 alimentos venenosos potencialmente fatais
Ver artigo

O produto apreendido encontrava-se sob duas formas: a granel e pré-embalado. O embalado estava rotulado como "Azeite Virgem", ou seja, seria azeite obtido diretamente de azeitonas, unicamente por processos mecânicos.

No entanto, "na sua composição foi detetada a presença de um óleo vegetal com características diferentes de azeite refinado – prática esta fraudulenta – uma vez que induz o consumidor final em erro", explica a ASAE em comunicado.

Alegações sobre benefícios para a saúde falsas

A ASAE apreendeu ainda 103.500 rótulos que iriam ser utilizados nas embalagens do referido produto, com alegações indevidas sobre benefícios para a saúde, entre outras irregularidades.

O valor da apreensão ascende a 21.500 euros.

"A ASAE continuará as suas investigações no combate à fraude sobre o azeite, produto de excelência em Portugal", diz ainda aquele organismo em comunicado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.