Já se sabia que os antibióticos tornavam as bactérias mais resistentes aos tratamentos e algumas investigações associaram estes medicamentos ao desenvolvimento de complicações de saúde. Contudo, não tinha sido ainda provado que os antibióticos impactam no aspeto físico.

A Escola de Saúde Pública Johns Hopkins descobriu um elo entre a utilização de antibióticos e o índice de massa corporal. De acordo com a revista Time, quanto maior o período de exposição das crianças a este tipo de medicamentos, maior é a probabilidade de estas virem a ganhar peso na idade adulta.

O estudo controlou 142.824 crianças, entre os três e os 18 anos. Os cientistas concluíram que a maior parte das crianças tomava uma a duas doses por ano de antibióticos, ganhando quilos rapidamente perdidos. No entanto, os efeitos cumulativos foram mais surpreendentes: os investigadores detetaram que as crianças que tinham sido medicadas várias vezes com antibióticos ao longo da infância tendiam a ganhar peso ao longo dos anos. Em média, quem tomava antibióticos mais de duas vezes por ano ganhava entre 0,7 a 1,5 quilos durante a infância.

"Quanto mais antibióticos se toma, mais forte é o efeito. E parece agravar-se à medida que as crianças se tornam mais velhas", explicou Brian Schwartz, o principal responsável pelo estudo. "Uma simples dosagem de antibiótico pode eliminar uma colónia inteira de bactérias intestinais" que ajudam a controlar o peso, acrescenta.

"Se a toma de antibióticos não for frequente, as bactérias conseguem recuperar. Mas, se for excessiva, os impactos podem ser duradouros", conclui.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.