FOTO: LUSA/TIAGO PETINGA

O sistema operativo só consegue saber a morada certa das chamadas efetuadas a partir dos telefones fixos, escreve a edição impressa desta segunda-feira (14/11) do Jornal de Notícias.

Esta impossibilidade acaba por obrigar quem faz a chamada, e que muitas vezes está confuso, a dar um endereço exato e, com isso, perdem-se minutos preciosos na vida de alguém, alerta a Associação Sindical dos Profissionais da Polícia.

O Governo reconhece que o atual sistema - Cell II - está desatualizado e garante, de acordo com o referido jornal, que, até ao final de 2017, as centrais de 112 estarão preparadas para poder enviar meios de socorro com base no sinal do telemóvel.

O sistema em vigor nas centrais apenas transmite a localização da antena de telecomunicações mais próxima, que pode estar a quilómetros da emergência.

Em Portugal há seis milhões de smartphones com sistema de GPS.

Veja ainda: 10 formas constrangedoras de ir parar ao hospital

Leia também: As frases mais ridículas ouvidas pelos médicos

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.