A maioria das pessoas descura os exercícios de alongamento. Tendem geralmente a vê-los como uma espécie de aquecimento maçador que se faz antes e depois das aulas de ginástica, algo de “secundário” face a um bom treino cardiovascular ou a uma sessão de “malhação” a sério.

Porém a flexibilidade é uma parte fundamental da nossa condição física, sendo cada vez mais praticada enquanto exercício em si mesmo, quer em aulas específicas, quer em modalidades como o ioga ou a barra de chão (uma modalidade específica para bailarinos).

Os alongamentos são também vulgarmente praticados nas artes marciais e em métodos como o Pilates, ou mesmo no Shiatsu. Mais do que um complemento ou uma função da nossa condição física, o treino da flexibilidade ajuda-nos não só a libertar o corpo, como a mente, tornando-nos menos vulneráveis ao stress, ou às lesões desportivas ou acidentais.

Os cientistas são unanimes em reconhecer que os alongamentos são indispensáveis antes e depois de qualquer actividade desportiva.

Benefícios dos exercícios de alongamento:

  • Previnem problemas osteo-articulares, musculares, tendinites, etc.
  • Asseguram a manutenção de um tónus muscular correcto.
  • Flexibilizam os ligamentos posteriores da coluna vertebral, ajudando a manter o seu equilíbrio.
  • Preparam o músculo para a actividade física, mobilizando as membranas fibrosas.
  • Aumentam a temperatura do corpo e o ritmo cardíaco.
  • Ajudam a eliminar o ácido láctico (responsável pela sensação de dor ou ardor muscular) acumulado nos tecidos musculares após o exercício.
  • Ajudam-nos a concentrarmo-nos e a diminuir os níveis de ansiedade.

Cuidados a ter durante o exercício de alongamento

  • Deve começar lentamente e respeitar os limites do seu corpo.
  • Se tem problemas de coluna deve consultar o seu médico se pretender praticar ioga, ou aulas de alongamento.
  • Não deve estirar bruscamente os músculos.
  • Não deve alongar com dor ou fazer os exercícios bruscamente ou de forma intermitente.
  • Faça uma respiração adequada.
  • Não utilize pesos, ou sobrecargas, se estiver a alongar os membros inferiores, pois poderá provocar lesões nas articulações dos joelhos e tornozelos (um erro comum nos treinos de artes marciais).

Feitos regularmente e com correcção o exercícios de estiramento podem ajudá-lo a melhorar gradualmente a sua flexibilidade, mobilidade e forma física. São adequados a pessoas de qualquer idade e sexo, independentemente da condição física. Praticar exercícios de alongamento é simples e pode ser feito em casa, no trabalho ou em viagem.
Existem técnicas próprias para melhorar a flexibilidade, aliviar a tenção e as dores de cabeça e de costas, melhorar a postura, estimular a circulação e aliviar o cansaço físico.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.