Promover a boa cozinha nacional e internacional praticada nos restaurantes alfacinhas é o objectivo do concurso gastronómico “Lisboa à Prova”, lançado pelo pelouro do Turismo da Câmara Municipal e pela ARESP (Associação da Restauração e Similares de Portugal) a 6 de Junho último.
As candidaturas podem ser apresentadas até 31 de Julho.
Se, como diz o vice-presidente da autarquia, Fontão de Carvalho, “a gastronomia é já um dos principais factores de satisfação de quem nos visita”, importa estimular os restaurantes da capital a fazerem mais e melhor. Está assim lançado o convite para “conhecer o que melhor se saboreia actualmente na cidade”, avaliando as categorias de “Restaurante de Autor”, “Restaurante do Mundo”, “Restaurante Tradicional”, “Sabores ao Balcão” e “Prova do Público”. Cada categoria terá um vencedor.
Os 60 estabelecimentos seleccionados para uma segunda fase do concurso irão ser sujeitos a uma votação do público, por telefone ou por Internet. Mas, antes, um júri de 20 elementos irá visitar os candidatos anonimamente, atribuindo um a três garfos como forma de avaliação. Os critérios da atribuição dos garfos baseiam-se na genuinidade, criatividade, instalações, serviços, relação preço/qualidade, entre outros.
A par com a gastronomia, e porque os olhos também comem, é lançado um outro desafio aos fotógrafos profissionais que captem, segundo a organização, “a arte que está por trás da apresentação de um prato ou do adornar de uma refeição”. As imagens “Olhares à Prova” serão expostas na entrega dos prémios, em Novembro, e servirão de ilustração no Guia Gastronómico de Lisboa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.