Depois de uma primeira edição em 2018, a Portugal Insect, associação que agrega as empresas e instituições académicas nacionais ligadas à produção e estudo de insetos para consumo humano e animal, organiza a sua conferência. O evento que contará com um espaço de palestras, arranca pelas 15h00 de 26 de outubro, na NOVA School of Business and Economics

A edição 2019 mantém-se o objetivo de promoção da utilização dos insetos na alimentação humana, “de modo informado e em linha com as orientações da FAO - Organização das Nações Unida para a Alimentação e Agricultura”, sublinha a associação em comunicado.

No encontro vão ser debatidas questões como a “Produção de insetos para alimentação humana: Qual o cenário em Espanha?”, “Insetos na alimentação humana: Enquadramento legal na União Europeia”, “Inovação alimentar”.

Os trabalhos incluem a discussão das aplicações culinárias com insetos e os insetos na “ementa” do currículo escolar.

Como parte da celebração, o chefe de cozinha Chakall juntou-se à iniciativa e no dia 26, haverá insetos para desfrutar ao jantar, no El Bulo Social Club e no Refeitório do Senhor Abel. Uma ação que é exceção visto em Portugal ser proibido o comércio de insetos para alimentação.

A Portugal Insect - Associação Portuguesa de Produtores e Transformadores de Insetos, criada em 2018, tem vindo desde há alguns anos “a alertar para a pertinência de reincorporarmos os insetos como fonte proteica em alimentação humana, dado o seu rico perfil nutricional e baixo consumo de recursos no processo de produção”, lemos nos objetivos expressos na página online da associação.

A entidade congrega mais de uma dezena de associados, entre produtores e transformadores de insetos nas vertentes da alimentação humana e animal, mas também entidades do meio científico e académico.

O evento de 26 de outubro  é aberto ao público em geral, gratuito mas de inscrição obrigatória aqui.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.