Os antigos fornos a lenha transmontanos regressam nos próximos dias às fornadas de outrora, inundando o ar do aroma que distingue o tradicional folar transmontano do doce consumido na Páscoa em outras zonas do país.
Em paralelo decorre na vila de Izeda, no concelho de Bragança, nos dias 22 a 24 de Março a III Feira do Folar.
As mulheres da região são as guardiãs da receita, que combina
a massa com os tradicionais enchidos e carnes de porco resultantes das
matanças feitas nos meses de Inverno.
Na feira de Izeda vão estar presentes apenas cinco produtores
de folar, acompanhados por mais de 22 expositores de produtos
tradicionais e industriais, nomeadamente maquinaria agrícola.
O folar de Izeda é acompanhado da "rosca doce" e, apesar de
serem duas especialidades consumidas todo o ano nesta zona,
principalmente nas festas, a organização da feira considerou oportuno
promovê-las na altura da Páscoa.
A iniciativa é da Associação para o Desenvolvimento da Região
de Izeda (ADRI)e nos próximos anos a feira estende-se a 19 aldeias de Bragança , Macedo de Cavaleiros e Vimioso, que constituíram a associação, sedeada em Izeda.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.