Como anfitrião, o chef Rodrigo Castelo (recentemente nomeado embaixador para a gastronomia de Santarém) faz as honras da casa para receber Diego Gallegos e João Rodrigues, dos estrelados Sollo (uma estrela Michelin e estrela verde Michelin) e Feitoria (uma estrela Michelin), restaurantes que em Espanha (Málaga) e Portugal (Lisboa), respetivamente, se encontram junto ao Tejo e por isso integram este evento dedicado ao peixe do rio, produto que trabalham nas suas cozinhas, e que vêm aqui apresentar com diferentes abordagens.

Diego Gallegos, chef e pesquisador, conhecido como “el chef del caviar”, introduziu uma visão única no campo da gastronomia ao incluir peixes de água doce no seu menu. João Rodrigues tem já reconhecido o seu trabalho de grande proximidade com a natureza, sendo o rio um dos seus elementos.

Em Santarém, peixe do rio dá o mote a jantares pela mão de chefs nacionais e internacionais
Chef Rodrigo Castelo.

No decorrer da iniciativa, restaurantes da cidade apresentarão menus que homenageiam o peixe do rio. “Sabores do Tejo” vão ser servidos ao jantar na Casa Lusitana (quinta-feira, dia 21), num menu de pura essência avieira, no restaurante Oh! Vargas (dia 22, sexta-feira), onde o chef Rui Santos apresenta um menu que alia o respeito pelo receituário tradicional a alguma irreverência, e no Ó Balcão (dia 22, sábado), num momento protagonizado por três chefs. Para estes momentos de celebração do produto que durante estes três dias vai animar a cidade, é possível reservar lugar diretamente com os restaurantes, para aproveitar esta oportunidade de saborear diferentes formas de o confecionar.

Em Santarém, peixe do rio dá o mote a jantares pela mão de chefs nacionais e internacionais
Casa Lusitana.

O jantar no restaurante Ó Balcão de Rodrigo Castelo, que encerra o programa, no último dia do “Chefs ao Tejo”, será preparado a seis mãos. Ao chef escalabitano juntam-se na cozinha Diego Gallegos e João Rodrigues, ficando a cargo de cada chef uma entrada e um prato, num menu de sete momentos complementado pela sobremesa preparada pelo chef pasteleiro do restaurante. À mesa de quem se quiser juntar a esta festa chegarão diferentes experiências gastronómicas, sempre tendo por base o produto que dá origem a toda a iniciativa, o peixe de rio.

Casa Lusitana

Av. Afonso Henriques, nº 71 – 2000-231 Santarém

Contactos: tel. 243 154 175; e-mail casalusitana2019@gmail.com

Oh Vargas

Estrada Nacional 3, nº28 - 2005-357 Santarém

Contactos: tel. 910 260 743; e-mail: geral@ohvargas.pt

Ó Balcão

Rua Pedro de Santarém, nº 73 - 2000-223 Santarém

Contactos: tel. 055 883; e-mail tabernaobalcao@gmail.com

Ainda inserida nesta iniciativa promovida pelo município de Santarém, um dos pontos altos será a Mesa Redonda, a 22 de abril, que será antecedida de um almoço preparado pelo chef Luís Barradas, que irá apresentar a visão de um mestre da arte japonesa. A ter lugar nos Cais das Caneiras, mesmo junto ao rio, este será um espaço de debate, em que em cima da mesa estará o peixe do rio. Com um painel de oradores que inclui Ricardo Gonçalves, presidente da Câmara Municipal de Santarém, o investigador de peixe de água doce João Gago, os três chefs ibéricos, Carlos Serra, pescador, e Sérgio Tente, que representa aqui a pesca desportiva, esta conversa aberta sobre peixe do rio, pesca desportiva, sensibilização sobre o ecossistema, sustentabilidade do rio e a cultura avieira, entre outros temas ligados ao Tejo, será moderada pelo jornalista Edgardo Pacheco.

Esta que é uma de várias iniciativas do programa Santarém Capital da Gastronomia, que o município irá implementar ao longo do ano, culminará na realização do Festival Nacional de Gastronomia, em outubro.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.