O SOM PARA ESTE MOMENTO

Saio para a rua e a noite está quente. Daquelas noites quentes de verão intensas e a cheirar a flores. O meu corpo está em Lisboa, mas a minha cabeça já está nas próximas férias: Tailândia. Singapura. Malásia.

A cidade está cheia de turistas, vibrante e tranquila ao mesmo tempo. E de repente vejo-as. Duas raparigas de feições orientais, sentadas numa esplanada, a rir e a falar muito alto. Têm ao lado duas pequenas malas de viagem e um guia de Lisboa em cima da mesa.

Resolvo não ir já para casa. Sento-me ao lado delas e, discretamente, espreito enquanto uma delas vai mostrando fotografias à amiga no telemóvel. O rio. A Torre de Belém. O castelo. Lá pelo meio, fotografias de grandes taças fumegantes e cheias de cor.

Não, aquilo já não era Lisboa. Paguei e fui-me embora. Não hesitei dois segundos. Assim que cheguei a casa, liguei-me à internet, escolhi uma receita oriental e peguei no wok. É tempo de começar a viver outra vida.

Não pare de viajar. Leia mais histórias na Rota da Imaginação by Milaneza.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.