Artesãos de 64 localidades estarão presentes na XVIII edição da Feira de Artesanato de Guimarães, que se realiza no Pavilhão Multiusos entre 11 e 14 de Maio. Este ano, a feira apresenta como novidade dois stands fora do circuito nacional, um de Lima (Peru) e outro da Bahia (Brasil).
Para além de dar a conhecer os fazeres de outros tempos, a Feira aposta no artesanato contemporâneo como ponto de encontro cultural, dando a conhecer aos mais novos as artes tradicionais. Através do “Projecto Artesão”, os alunos das escolas do primeiro ciclo poderão criar o seu próprio artesanato e expô-lo durante a feira.
Para além dos cerca de 150 expositores, o visitante poderá visitar uma zona especialmente dedicada à gastronomia, com tasquinhas que dão a conhecer os sabores de cada região.
Do programa da Feira consta ainda a apresentação do livro “Bordado de Guimarães: Renovar a Tradição”, dedicado às artesãs minhotas.
Para animar o evento, os cantares dos Lúmen, do grupo Os Alentejanos, dos Mu e do Grupo de Música Popular da Universidade do Minho actuam nos diferentes dias do certame.
A entrada no Multiusos custa 1 euro, sendo gratuita para deficientes, reformados, menores de 12 e maiores de 65 anos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.