Realizada anualmente com o objetivo de encontrar o “Melhor Pastel de Nata”, a prova desafia todos os estabelecimentos com fabrico próprio de pastéis de nata. A sede ou o local de fabrico têm obrigatoriamente de se localizar na Área Metropolitana de Lisboa.

A fase de inscrições decorre até ao dia 17 de setembro de 2021 no site criado para o efeito.

O júri composto por Virgílio Gomes, Domingos Soares Franco, Duarte Lebre de Freitas, Maria Urmal e Teresa Vivas terá a tarefa de avaliar numa prova cega, todos os pastéis concorrentes, pontuando características como “Aspeto”, “Toque da massa”, “Sabor e consistência da massa”, “Recheio” e “Sabor global”.

A fase final da prova decorrerá no Congresso dos Cozinheiros, que se realizará em Oeiras em outubro e os nove pastéis mais bem classificados, juntamente com os pastéis que obtiveram os três primeiros lugares, em 2019, disputarão o pódio.

Recorde-se que o Pastel de Nata vencedor da última edição do concurso foi o apresentado pela Pastelaria Santo António, em Lisboa.

A partir de 2021, existirá a “Rota dos Melhores Pastéis de Nata”, indispensável para todos os amantes da iguaria e que estará disponível no site já referido.

Cabe ao gastrónomo Virgílio Gomes destacar as características mais relevantes de um bom pastel de nata: “aspeto apetecível e bronzeado, sem estar queimado ou esmorecido, equilíbrio entre a massa, que deve ser bastante quebrada e o creme, que deve ‘escorrer’ do pastel, sem ter gostos excessivos a canela, limão, baunilha, ou outras essências”.

A prova “O Melhor Pastel de Nata” é organizada pelas Edições do Gosto e pelo gastrónomo e membro do júri, Virgílio Gomes.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.