Há porém quem veja nela uma uva demasiado impositiva, excessivamente dominadora, podendo mascarar a identidade de uma região. Na verdade, a Touriga Nacional é tudo isso e mais ainda!

Confira a seleção de Luís Ramos Lopes, diretor editorial e crítico da revista Grandes Escolhas*.

Quinta do Crasto, Douro, Tinto, 2016

Touriga Nacional: 9 vinhos imperdíveis da casta maravilha

Aroma com classe e carácter. Cereja carnuda e madura, notas balsámicas, chocolate preto, chá preto com bergamota, nuances de canela e pimenta preta, componente floral com violetas e rosas. Absolutamente irresistível pela sua concentração afirmativa, envolta em veludo da sua textura, com sabor pleno, imensamente sedutor. Saiba mais aqui.

Quinta do Perdigão, Dão, Tinto, 2009

Touriga Nacional: 9 vinhos imperdíveis da casta maravilha

Cor granada, bastante concentrada. Doce de framboesa e cereja no aroma, notas de couro e folhas, misturadas com terra húmida, alguma tinta da China e ligeiro apontamento de carne fumada. Tanino incrívelmente denso, mas suculento com o equilíbrio oferecido pela acidez. Óptima evolução e ainda tem anos de vida pela frente. Leia mais sobre este vinho aqui.

Allgo, Dão, Tinto, 2016

Touriga Nacional: 9 vinhos imperdíveis da casta maravilha

Bonito e característico aroma de Touriga Nacional com traços bem definidos, começando por um floral intenso, mas não em demasia, cereja fresca madura e carnuda, bergamota e baunilha. Aveludado no trato, com tanino maduro, quase mastigável, sem comprometer a elegância graças à frescura de boca. Um vinho delicioso da CM Wines. Para saber mais, siga este link.

Monte Meão Vinha dos Novos, Douro, Tinto, 2016

Touriga Nacional: 9 vinhos imperdíveis da casta maravilha

Aroma concentrado e um pouco fechado no início, mas a evoluir bem no copo. Revela primeiro cereja madura e carnuda, chá preto e bergamota, sugestões florais. Mastigável e texturado, com expressivo sabor (onde se nota mais o floral), e polimento impressionante para o nível de tanino que apresenta. Muito persistente, com frescura de fruta vermelha no final. Conheça mais deste vinho da F. Olazabal & Filhos aqui.

Quinta do Cume, Douro, Tinto, 2015

Touriga Nacional: 9 vinhos imperdíveis da casta maravilha

Violetas e fruta silvestre em compota (mirtilo, amoras e framboesas), cardamomo e chocolate preto aparecem no nariz com intensidade e finura. Firme e denso, com perfil sério mas também bastante elegante, longo e sumarento no final de boca. Saiba mais aqui.

Quinta do Noval, Douro, Tinto, 2016

Touriga Nacional: 9 vinhos imperdíveis da casta maravilha

Aroma profundo e complexo, tendo no lado da fruta amoras e mirtilos, algum alcaçuz. Parte floral evidente e representada por esteva, lavanda e leves violetas. Especiaria doce, notas licorosas e resinosas. Sedoso e elegante na boca, taninos e acidez em perfeita harmonia, final longo e sério. Bastante jovem, com carácter e potencial para muitos anos de garrafa. Mais detalhes aqui.

Quinta do Portal, Douro, Tinto, 2003

Touriga Nacional: 9 vinhos imperdíveis da casta maravilha

Muito harmonioso no nariz, notas de farmácia e ervas aromáticas secas, compota de cereja, tomate seco, canela, molho de soja e balsâmicos. Boa presença de tanino, já domado e educado, frescura bem evidente. Curiosamente, o álcool um pouco elevado está perfeitamente integrado na estrutura do vinho. Final muito longo com notas de café moído e especiaria. Leia mais sobre este vinho aqui.

Vallado, Douro, Tinto, 2016

Touriga Nacional: 9 vinhos imperdíveis da casta maravilha

Bem intenso e complexo no aroma a sugerir geleia de amora, cereja madura, esteva e lavanda, alcaçuz, tosta e notas balsâmicas e de especiaria. Bastante sedoso na boca, com tanino firme mas muito bem polido pela barrica, em perfeita harmonia com a fresca acidez. Final muito persistente e distinto. Conheça mais sobre este vinho da Quinta do Vallado aqui.

Vinha de São Lázaro, Regional Alentejano, Tinto, 2015

Touriga Nacional: 9 vinhos imperdíveis da casta maravilha

Nariz muito aromático e bonito, pendor floral, nota mineral encantadora, grafite, vegetal seco ao fundo. Prova de boca com grande concentração, sedoso até, mas retendo acidez, terminando com sabor a ameixa. Atração imediata num tinto perante o qual é difícil ficar indiferente. Leia mais sobre este vinho da J. Portugal Ramos aqui.


* Top 9 de vinhos provados em maio de 2019 pela revista Grandes Escolhas , ordenados pela melhor classificação de prova.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.