Chamuças de borrego no forno

Numa frigideira, aquecer uma colher de sopa de azeite e juntar 350 g de carne de borrego picada, uma cebola média, picada finamente, e dois dentes de alho. Temperar com sal a gosto e deixar cozinhar por uns minutos, até que a carne fique dourada por igual.

Juntar uma colher de sopa de caril picante e uma colher de chá de garam masala. Deixar cozinhar por mais uns minutos, mexendo para misturar bem as especiarias com a carne, até que não exista líquido na frigideira. Retirar do lume e deixar arrefecer antes de começar a fazer as chamuças.

Pré-aquecer o forno a 180 ºC.

Estender uma folha de massa filo, o lado mais comprido virado para nós, e cortar ao meio. Reservar uma das metades e pincelar um pouco de manteiga derretida ou de azeite na outra e dobrar ao meio (fica com uma tira com aproximadamente 8 cm de largura).  Na ponta inferior, deixando uma margem, colocar uma colher do recheio de carne. Dobrar sucessivamente a massa em triângulo, até chegar ao fim da tira. Pincelar a ponta da massa com a manteiga ou azeite para colar. Continuar com a restante massa e recheio (sete folhas).

Dispor as chamuças num tabuleiro de forno forrado com papel vegetal e pincelar com a manteiga ou azeite. Cozer no forno pré-aquecido durante 20 minutos, virando-as a meio para que dourem uniformemente.

Para o molho tzatziki:

Descascar um pepino pequeno e cortá-lo ao meio, no sentido do comprimento. Retirar as sementes com uma colher e picar, com cuidado para não transformar o pepino em puré, com um ralador ou na picadora. Com a ajuda de um passador de rede, escorrer o máximo de líquido possível. Temperar com um pouco de sal e deixar repousar durante, pelo menos, dez minutos; voltando então a escorrer o líquido que se formou.

Juntar 180 g de iogurte grego, uma colher de sopa de azeite, uma colher de sopa de vinagre de vinho branco e mexer bem. Temperar de sal e pimenta preta e acrescentar uma colher de sopa de aneto ou hortelã, picados. Guardar no frigorífico, pelo menos durante duas horas se possível, para que os sabores se misturem.

(Fonte: Blogue “My Common Table”)

Chamuças de borrego no forno

Caldeirada de Borrego

Num tacho largo, coloque três colheres de sopa de azeite, três dentes de alho esmagados, duas folhas de louro, uma haste de alecrim e deixe aquecer bem. Adicione 1 kg de borrego, cortado em pedaços, tempere de sal e pimenta de moinho e deixe dourar bem.

Retire a carne e os temperos, coloque dentro do tacho uma cebola grande bem picada, seis a oito tiras de pimentos (cores à sua escolha) e deixe cozinhar cinco minutos. Junte de novo a carne, regue com 2 dl de vinho branco e deixe ferver.

Junte o conteúdo de uma embalagem pequena de tomate em pedaços e deixe cozinhar cerca de dez minutos.  Se necessário junte um pouco de água quente para não pegar.

Deixe cozinhar, em fogo lento, até o borrego estar tenro. Acrescente água em quantidade suficiente para cozer 1 kg de batatas. Logo que ferva, adicione as batatas em rodelas grossas.

Retifique os temperos e se necessário junte mais água. Corte o pão em fatias e leve-as ao forno a 180 ºC a torrar um pouco.

Coloque o pão num recipiente fundo, cubra com o borrego e as batatas, de modo a molhar bem o pão com o caldo. Polvilhe com os coentros picados e sirva bem quente.

(Fonte: Blogue “7 Gramas de Ternura”)

Caldeirada de Borrego

Perna de borrego assada à maiorquina

Aqueça o forno a 160 °C (gás: 3).

Entretanto, no bico do fogo, toste numa assadeira, 1 kg de perna de borrego com osso. Deixe ganhar cor e derreter a gordura um pouco. Retire o borrego e aproveite duas colheres de sopa cheias da gordura que ficou na assadeira.

Corte às rodelas duas cenouras, dois aipos, também às rodelas, assim como um talo de alho-francês e duas cebolas, picadinhas. Junte-os à assadeira e salteie. Adicione 400 g de tomate chucha, dois dentes de alho, 250 ml de vinho branco, uns pezinhos de tomilho, alecrim e salsa frescos, atados em conjunto. Junte, finalmente, o borrego.

Tape a assadeira com papel manteiga e asse no forno durante cerca de três horas (verifique ao fim de 2h30m).

Quando a carne estiver a desprender-se do osso, está pronta a servir.

(Fonte: Editora Vogais)

Perna de borrego assada à maiorquina

Costelinhas de borrego com molho de hortelã

Tempere oito costeletas de borrego com sal e pimenta, regue com um pouco de azeite e envolva bem com folhas de hortelã em quantidade a gosto.

Deixe marinar no frigorífico de um dia para o outro.

Aqueça o forno a 180 ºC e depois desligue-o.

Aqueça muito bem uma sertã e doure, em duas colheres de azeite, as costeletas durante dois minutos de cada lado.

Coloque as costeletas no forno enquanto prepara o molho.

Pique e esmague muito bem três dentes de alho. Junte-os à raspa da casca de um limão e faça uma pasta.

Adicione folhas de hortelã picadinhas, sal e pimenta a gosto e mexa bem.

Sirva as costeletas com grelos salteados, batatas novas assadas e o molho de hortelã.

(Fonte: Blogue “7 Gramas de Ternura”)

Costeletinhas de borrego com molho de hortelã

Curgetes no forno recheadas com borrego

Comece por preparar as curgetes. Corte o topo de três curgetes redondas e, com uma colher de chá, remova a polpa do interior, deixando uma margem de cerca de 0,5 cm. Remova também um pouco dos topos, para os deixar ligeiramente arredondados. Pique a polpa das curgetes e reserve.

Pré-aqueça o forno a 180 ºC.

Numa frigideira grande, aqueça uma colher de sopa de azeite sobre lume médio e junte uma cebola média, picada finamente. Deixe cozinhar um a dois minutos, até ficar translúcida. Adicione dois dentes de alhos picados, um quarto de pimento vermelho picado e uma haste de alecrim fresco. Cozinhe por mais três minutos, mexendo ocasionalmente. Aumente o lume para médio-alto e junte 450 g de carne de borrego picada. Cozinhe, mexendo ocasionalmente, até a carne deixar de estar rosada. Adicione a polpa das curgetes e tempere com sal e pimenta preta em quantidades a gosto.

Cozinhe durante oito a dez minutos, para secar, mexendo com frequência.

Divida o recheio pelas curgetes e leve a assar no forno durante 45 minutos (coloque as curgetes recheadas e as "tampas" a assar lado a lado, para que o recheio fique tostado no topo. Para servir, coloque então as "tampas" sobre as curgetes).

Para fazer os couscous, ferva uma chávena de água. Numa taça grande, coloque uma chávena de couscous e tempere com uma colher de sopa de azeite, sal, noz-moscada moída e pimenta preta, todos em quantidades a gosto. Deite a água fervente por cima e cubra a taça (com um prato, por exemplo). Ao fim de três minutos, destape e mexa com um garfo, para soltar os grãos.

Quando as curgetes estiverem prontas sirva imediatamente, acompanhadas com os couscous.

(Fonte: Blogue “My Common Table”)

Curgetes no forno recheadas com borrego

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.