Corria o ano de 2003, quando Sophia Coppola juntou um veterano - Bill Murray – e uma jovem atriz em ascensão - Scarlett Johansson, à época com 19 anos – num dos filmes mais marcantes do início dos anos 2000: Lost in Translation. O filme é passado numa vertiginosa e vibrante Tóquio. E é esta sensação vibrante que nos passa quando entramos no Soi. Os néons e a decoração mandam mensagens ao nosso cérebro, levando-nos para esse imaginário cinematográfico, que Hollywood nos fez conhecer.

A viagem aqui é de ida e volta de Lisboa aos sabores asiáticos e à sua street food. Mas antes, vamos escolher o nosso veneno.

Um final de tarde com DJ, num restaurante de street food asiática. Esta é a proposta das Soi Sessions
créditos: Gonçalo Villaverde

Na realidade o primeiro veneno não é escolhido, mas é sim uma oferta. Durante o verão, todas as quintas-feiras o Soi recebe as chamadas Soi Sessions. Entre as 18h30 e as 21h, um DJ set marca o tom da refeição. O verão convida a isso mesmo: música, esplanada, jantares fora de horas (neste caso, jantar antecipado), encontros depois do trabalho. E se à sexta há sempre muita coisa que fazer, o convite é experimentar esta sessão no dia anterior.

Somos recebidos pelos simpáticos empregados que nos encaminham para uma mesa. A esplanada não é muito grande e já está ocupada. Dentro do restaurante temos a possibilidade de apreciar a decoração, longe de uma agitada praça D. Luís I, que também fervilha nesta altura do ano, ou não estivéssemos numa das zonas mais concorridas da cidade, junto ao Cais do Sodré, em Lisboa.

Um final de tarde com DJ, num restaurante de street food asiática. Esta é a proposta das Soi Sessions
créditos: Daniela Costa

Aceitamos a Welcome Drink, um concentrado de morango com espumante branco. “Veneno escolhido”, mergulhamos na ementa. Se é a primeira vez que visita o restaurante, simplifique. Os pratos convidam à partilha e ninguém melhor do que quem lá trabalha para sugerir o que comer. Pedimos ajuda e aceitamos os tradicionais spring rolls (5,5€), uns rolinhos tailandeses crocantes, recheados com vegetais salteados com molho de sweet chili de abacaxi e açafrão, e pork belly (9€), dois baos de porco, pickles de pepino, manga e molho hoisin nas entradas. Nos baos há ainda opções com pato (9,5€), frango (9,5€), camarão (9,5€) ou vegetais (8€).

Um final de tarde com DJ, num restaurante de street food asiática. Esta é a proposta das Soi Sessions
créditos: Daniela Costa

Como prato principal, não há como não pedir o célebre pad thai, o prato mais famoso da cozinha tailandesa. A versão do Soi consiste numa massa de arroz salteada com ovo, tofu, tamarindo, rebentos de soja, coentros, pasta de camarão amendoins e lima. Há três opções: de frango (13,5€), camarão (15,5€) ou vegetais (11,5€). Esta versão é muito menos picante que a original. Se visitar a Tailândia vai perceber que este prato pode pegar fogo. Mas dificilmente desilude.

Um final de tarde com DJ, num restaurante de street food asiática. Esta é a proposta das Soi Sessions
créditos: Daniela Costa

Para encerrar com chave de ouro, somos desafiados a experimentar uma das sobremesas da carta. A sugestão é Soi Loco (6,5€), um crumble, gelado de meloa e coco com ganache de toblerone. Dizem-nos como comer esta sobremesa: “Tem de colocar a colher de cima a baixo, para conseguir apanhar um pouco de todos os sabores”. E a experiência é qualquer coisa. A cobertura branca parece caramelo e casa na perfeição com o sabor do gelado. É uma sobremesa extremamente doce, mas que vale cada colherada.

Um final de tarde com DJ, num restaurante de street food asiática. Esta é a proposta das Soi Sessions
créditos: Daniela Costa

Estes são alguns exemplos, mas há muito para experimentar no Soi, da responsabilidade do chef Maurício Vale, como Chiang Rai hot dog (8€), pork pork pork (9€), uma barriga de porco assada no forno, chicken gyozas (6,5€), vietnamese noodles salad (8,5€), singapore vegetarian curry (11€), fried rice com camarão (13€) ou vegetariano (11€), entre outros.

E porque o verão convida a estas coisas, há que experimentar um dos cocktails disponíveis como pisco sour (8€), mojito (6,5€), margarita (6,5€) ou izanagi spicy mule (7,5€), um dos gins da carta como Martin Millers (8€), Brockmans (9€) ou Hendricks (9€), ou mesmo um copo de vinho. Não faltam cervejas das várias latitudes do continente asiático, sangrias e sumos naturais.

Soi - Asian Street Food

Morada:

Rua da Moeda 1C, Lisboa

Horário: 

Domingo - Quinta das 12h-23h

Sexta - Sábado das 12h-24h

Site: www.gruposushicafe.pt/soi

Para quem é apreciador de comida asiática, este é o restaurante a visitar. O Soi promete e cumpre esta viagem aos sabores orientais.

Mas aconselhamos marcação. Mesmo a uma quinta-feira, as mesas encheram-se rapidamente e nota-se, pelo movimento, que é um restaurante concorrido, numa zona onde não faltam ofertas gastronómicas.

O SAPO Lifestyle visitou o Soi a convite do restaurante.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.