Ao longo dos últimos meses, a organização da lista The Best Chef Awards tem vindo a revelar os novos candidatos que podem vir a fazer parte da seleção final dos cem melhores. João Oliveira foi o único chef nacional a aparecer na lista de pré-seleção para a edição 2022 do certame, o primeiro passo para a potencial nomeação efetiva na tabela final.

Em 2021, a lista dos cem melhores chefs do mundo – onde constavam nomes como Adonis Luis Aduriz, Joan Roca, Rene Redzepi, Ana Ros, entre muitos outros – foi encabeçada pelo número um, Dabiz Muñoz.

A lista final, assim como os vários prémios especiais, serão revelados no dia 20 de setembro, numa cerimónia em Madrid.

Nas palavras do chef João Oliveira, “é uma enorme honra e ao mesmo tempo uma enorme responsabilidade ser o único chef português na lista dos nomeados a cem melhores chefs do mundo, em 2022, dos The Best Chef Awards. Estou imensamente feliz por este reconhecimento e por constar numa lista de chefs em que, na minha perspetiva, estão os melhores do mundo e muitos deles grandes exemplos para mim enquanto chef e enquanto pessoa. Independentemente do resultado, continuarei nesta eterna procura pelo saber mais e fazer melhor”.

Português nomeado para lista anual dos cem melhores chefs do mundo
créditos: Luis Ferraz /Vista/O Apartamento

O Vista é o restaurante do Bela Vista Hotel & Spa, o primeiro hotel do Algarve, aberto em Portimão desde 1934. O restaurante foi criado em 2011, aquando da renovação deste palacete histórico, mas foi em 2015 que o chef João Oliveira mudou o rumo do Vista.

Com um percurso sólido numa constelação de restaurantes nacionais, como a Casa da Calçada, o The Yeatman ou o Vila Joya, João Oliveira talhou um caminho de detalhe, de estreita relação com o território algarvio, de formação de uma equipa coesa e de foco na consistência.  Esse esforço e busca por uma identidade portuguesa, algarvia e de forte ligação ao mar e à sustentabilidade, trouxe ao Vista a primeira estrela Michelin em novembro de 2017. Desde então, a equipa tem consolidado o percurso, transmitida através de dois menus degustação: o “Menu Vista”, focado em bivalves, crustáceos e peixes da costa algarvia; e o “Tempo da Terra”, vegetariano ou vegan, dedicado aos produtos hortícolas orgânicos da região.

Depois de ter sido distinguido com a estrela Michelin em 2017, quando tinha 30 anos de idade, João Oliveira recebeu também a distinção Man of the Year Gourmet, da GQ (2018), e um ano mais tarde, atribuído pela International Academy of Gastronomy, o prestigiado Chef de L’Avenir.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.