Como forma de expressar diferentes ideais, o Desporto assume-se hoje como um manifesto da individualidade e da expressão da Moderna Cultura Portuguesa.

Leopoldo Faria, Laura Mourinho e Gabriel Nazaré apresentam o Desporto como uma paixão e uma definição plena de personalidade – eles são os protagonistas do Capítulo 4 da Overcube.

A Arte, a Moda e a Música foram três áreas já destacadas nesta campanha do marketplace português em prole da Moderna Cultura Portuguesa. Diferentes formas de expressão, diferentes formas de ver a cultura de um país, mas todas elas com características significativas em comum - a força dos jovens, a força da progressão e a ambição de futuro.

Escalada: a desafiar montanhas desde os 15 anos

Leopoldo Faria
Leopoldo Faria para a Overcube créditos: Overcube

Leopoldo Faria dedica-se à escalada desde os 15 anos. Desafiar montanhas e apreciar as paisagens mais inacreditáveis do planeta são os fatores que o motivam. Quanto à relação do deporto com a cultura, Leopoldo afirma que “o desporto tem um papel bastante expressivo na cultura”.

Sendo a escalada uma modalidade em ascensão em Portugal, o desportista recorre a ela e ao skate para identificar novos desportos influenciadores de estilos e modeladores de culturas. O climber termina dizendo que “a cultura acaba por influenciar e ser influenciada por tudo o que nos rodeia”.

Surf: Das paisagens inconfundíveis da Madeira diretamente para as ondas do mundo

Laura Mourinho
Laura Mourinho para a Overcube créditos: Overcube

Laura Mourinho é uma mulher do surf e é com entusiasmo que conclui que o desporto tem ganho cada vez mais expressão em Portugal e no mundo.

“Temos desportos a ditar modas, a tornar países conhecidos pelos seus desportistas e a originar eventos desportivos gigantes”, afirma. Desportista desde sempre, a surfista acredita que “ser desportista requer muita organização e disciplina, principalmente quando temos de conciliar com a vida pessoal, escolar e profissional”.

Este conciliar de diferentes mundos também se aplica à ligação do desporto com a moda. Laura acredita que existe uma relação de parte a parte, uma vez que “o desporto beneficia da moda e a moda do desporto”.

Estar em cima de skates é o que desafia Gabriel Nazaré todos os dias

Gabriel Nazaré
Gabriel Nazaré para a Overcube créditos: Overcube

Desde muito novo que se interessou pela sensação despertada pelo desporto e, considerando aquilo que o skate lhe traz todos os dias, acredita que “quanto mais pessoas andarem de skate, melhor”.

Sobre a entrada do skate nos Jogos Olímpicos tem uma opinião bastante positiva, “a partir do momento em que o desporto se está a profissionalizar, podem surgir novos talentos e novas pessoas com mais apoios que se vão destacar mais, que de outra maneira não poderiam. É uma maneira incrível de trazer mais oportunidades a pessoas que as merecem”.

Por ser um desporto em ascensão, o skate tem sido uma opção muito procurada pelos mais jovens e por isso, Gabriel Nazaré acredita ser clara a influencia do skate na moda, na música e na cultura em geral.

O skater português acrescenta ainda uma referência à importância de marcas como a Overcube na cultura, “acho que é absolutamente essencial para conseguir, pelo menos, mostrar às pessoas que há disponibilidade para que se exprimirem da maneira que mais querem”, declara.

Estes três jovens mostram que o desporto e a cultura crescem em conjunto na criação daquilo que é um discurso coletivo de uma sociedade em movimento, em ebulição, em constante criação e definição da cultura em Portugal.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.