A costura tornou-se um estilo de vida para muitas pessoas. Para algumas, uma nova oportunidade de negócio, para outras uma forma de descontrair ou dar asas à imaginação criando peças personalizadas ou até mesmo dando uma nova vida a outras que já estavam postas de parte.

Alexandra e Liliana são irmãs e sempre tiveram o desejo de abrir um negócios juntas. “A Liliana estava em Londres, mas queria regressar a Portugal. Sempre tivemos a vontade de abrir um negócio juntas e em comum tínhamos a paixão por esta área”, revelam.

Como tudo começou

A determinado momento, a Alexandra, cansada de ver as mesmas peças nas lojas e querendo coisas diferentes para a filha (Francisca), resolveu tirar uma formação na área de Modelação, Corte e Costura. A Liliana, aproveitando a sua estadia em Londres e aliando o gosto pela moda, tirou formações na área da modelação de biquínis e lingerie.

Quando decidiu voltar, desafiou a irmã a abrir um negócio próprio. Juntando a experiência de ambas na área da formação e costura, resolveram abrir a primeira Academia de Costura, dando-lhe o nome de Saardinha. “Procurámos um nome que nos remetesse para o tradicional ao mesmo tempo que ficasse no ouvido e despertasse curiosidade”, explicam as irmãs.

A primeira academia inaugurou em 2017 em Guimarães mas, o sucesso foi tal que, um ano mais tarde abriram um segundo espaço em Famalicão. “Achamos que o sucesso deve-se ao facto de oferecermos um serviço mais personalizado às pessoas que nos procuram, isto é: horários flexíveis, número reduzido de alunas por horário e planos de formação reduzido”.

E Lisboa, está nos planos? “Abrimos em Famalicão em dezembro de 2018 e tencionamos abrir mais espaços noutras cidades. Como tal, Lisboa não está completamente fora dos nossos planos... quem sabe, se a próxima não será Lisboa?”.

Academia de Costura Saardinha
Academia de Costura Saardinha créditos: Saardinha

Aprender a fazer uma peça de roupa

Na Saardinha é possível realizar cursos de costura (alguns de apenas um dia), workshops diversos, aulas de tricô, crochet e bordados, costura para crianças, aulas a vulso, entre outros. 

Admitem que as mulheres são quem mais procura a academia, e as crianças em época de férias escolares. Aprender a fazer uma peça de roupa é o principal motivo que leva este público a recorrer à academia. “No inverno, as alunas optam mais por casacos e vestidos e no verão preferem os biquínis e roupas de praia”.

Ultimamente também têm notado uma grande procura pelo Upcycling, conhecido como reutilização criativa, refere-se a um processo de transformação de um produto. “As pessoas procuram-nos com o intuito de dar uma nova vida às peças lá de casa. Gostam de se diferenciar da moda que pode ser encontrada nas grandes superfícies e à qual a maioria das pessoas tem acesso”, revelam Liliana e Alexandra.

Academia Saardinha
Academia Saardinha

O fenómeno do DIY nas redes sociais

O conceito DIY (Do It Yourself) tem tido um crescimento substancial nos últimos anos, nomeadamente com as redes sociais e videos no youtube. Na opinião das irmãs, as redes sociais também contribuíram para chamar a atenção de mais pessoas para a costura. “Sem dúvida que sim, pois há um interesse cada vez maior pelo "saber fazer". As redes sociais são um canal por excelência para a divulgação da costura”, concluem. 

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.