O designer apresentou as suas propostas para o próximo outono/inverno inspiradas em África. A coleção presta culto à beleza através da cultura, memórias, cores, sons, cheiros e especiarias.

A rigidez toma um papel importante nas peças, tornando-se mais descontraída o que faz com que o homem Miguel Vieira ganhe mais personalidade. Os tecidos grossos usados em outras coleções, dão agora lugar a tecidos mais leves e frescos onde se estampa a celebração à cultura e inovação.

Os elementos geométricos que lembram os estampados étnicos, contrastam com cores como o bege bronze, o laranja ocre, o amarelo caril, o azul celeste, o castanho tabaco e também o azul marinho.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.