A coleção de outono/inverno 2016 Filipe Faísca, 'Darling' recebeu uma ajuda extra de nove meninas, oito delas em tratamento no Instituto Português de Oncologia (IPO).

Tudo começou com um convite da Fundação Rui de Castro Osório (FROC), instituição sem fins lucrativos que concentra a sua atuação na área informativa e científica do cancro pediátrico. Para o designer, "não fazia sentido" associar-se a esta causa contribuindo apenas com um donativo monetário, através de um leilão ou revertendo uma percentagem das vendas para a FROC. "Gostava que houvesse mais interligação entre aquilo que a fundação faz e o que eu faço", referiu à Lusa.

Assim sendo, Filipe Faísca juntou as nove meninas, com idades entre os seis e os 16 anos, no seu atelier, em Lisboa, por duas vezes. Na primeira pediu-lhes que desenhassem sobre o Amor e ensinou-lhes o que é um padrão e um tecido estampado. Mas só depois de os desenhos estarem prontos é que revelou que iriam ser usados na coleção. "Sempre senti que havia uma energia de criança que me ajudava. Achei interessante e oportuno fazer um trabalho com os miúdos e envolvi-os", contou.

No final do desfile, realizado hoje, dia 15 de março de 2015, as meninas entraram acompanhadas das modelos e a alegria nas suas caras deixou a plateia emocionada.

Veja aqui o desfile completo:

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.