A Prada levou para a passarela o essencial do que os homens precisam na nova coleção masculina Outono/Inverno 2023 apresentada no domingo na Semana da Moda de Milão.

"Nos momentos sérios, é preciso trabalhar seriamente, fazer o trabalho, ser responsável. Não há espaço para criatividades inúteis", afirmou Miuccia Prada, estilista italiana, designer-chefe da Prada e fundadora da sua subsidiária Miu Miu, no fim do desfile de peças desenhadas por ela em parceria com Raf Simons.

"A criatividade quando é útil, e descubro algo, dá-nos algo novo", disse a própria à agência italiana de notícias Ansa.

"A coleção é a nossa reação a um momento histórico complicado", acrescentou.

"Nós trabalhamos com honestidade na criação de roupas úteis para as pessoas, que representem a nossa ideia da realidade lá fora. Queremos criar uma moda com um significado e um sentido e esse é o valor da moda hoje", disse ainda.

Armani, Prada, Fendi, Dolce & Gabbana e Zegna estão entre as casas de luxo que apresentam as coleções masculinas na capital italiana da moda entre 14 e 16 de janeiro de 2023. Algumas estarão ausentes, como a Versace, que revelará as suas coleções masculina e feminina em Los Angeles, no dia 10 de março.

As exportações de moda "made in Italy" aumentaram 18,7% nos primeiros nove meses de 2022, impulsionadas pelos Estados Unidos (+54,1%) e pelos países do Golfo (+50,8%). O aumento das vendas para a China foi mais moderado (+18,8%), e as exportações para a Rússia caíram 26% após a invasão da Ucrânia.

Veja as principais fotos do desfile da Prada

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.