Lush

Desde 7 de maio que a marca especializada em cosméticos reabriu as suas lojas em território nacional mas face ao COVID-19 viu-se obrigada a reinventar-se com um novo sistema de compras: o Email & Collect.

O método implementado em outros países europeus permite que os clientes peçam tudo o que pretendem por email, que levantem a encomenda numa loja à sua escolha e por marcação. As recolhas cumprirão todas as medidas de segurança e o pagamento será efetuado exclusivamente com cartão.

O Centro Comercial Colombo disponibiliza ainda um serviço de Drive-In onde o cliente efetua o seu pedido de forma remota, paga e levanta a encomenda à hora marcada sem necessidade de sair do carro.

Face ao incremento de encomendas registado nas últimas semanas, a loja online vai receber um reforço na equipa.

Merrell

A marca reabriu esta semana a sua flagshipstore - localizada na Rua do Ouro nº277 - repleta de propostas criadas para todos os que desejam uma vida ativa.

De forma a garantir a segurança e higiene de todos, os clientes vão encontrar material e informação prática sobre as condições de segurança, luvas e máscaras de proteção, meias descartáveis, desinfetante para as mãos e provadores higienizados, sem descurar o distanciamento recomendado.

Num contexto de regresso gradual à normalidade, a loja vai estar aberta de terça a sábado com um horário entre as 10H e as 19H (encerrando à hora do almoço entre as 14 e as 15), estando previstas novas aberturas das lojas localizadas em Centros Comerciais, indo ao encontro das orientações das autoridades competentes.

Para além disso, site oficial vai continuar a fazer encomendar sem cobrar os portes de envio.

Marcas de luxo da Avenida da Liberdade

Passados dois meses de confinamento, a 18 de maio a Avenida da Liberdade prepara-se para voltar a receber os primeiros consumidores.

A zona, que se assume como um espaço comercial ao ar livre, reúne marcas de luxo e premium, como é o caso da André Ópticas, Boss Menswear Store, Boss Womenswear Store, Boutique dos Relógios, Boutique dos Relógios Plus, Bulgari, Burberry, Cartier, David Rosas, Dolce & Gabbana, Ermenegildo Zegna, Fashion Clinic, Furla, Gucci, Guess,  Hugo Boss, Loewe, Loja das Meias, Longchamp, Maria João Bahia, Max Mara, Miu Miu, Omega, Prada, Rosa & Teixeira, Timberland, TOD’S e Versace.

Para retomar a atividade foram implementadas todas as boas práticas para o Comércio e Serviço sendo obrigatório o uso de máscara em todos os espaços, bem como a higienização frequente e o limite de número de clientes por loja, assegurando as distâncias exigidas. E não menos importante, provadores e peças de roupa, bem como, acessórios e calçado serão higienizados após cada utilização.

Para comodidade dos clientes, os espaços comerciais vão promover um horário idêntico entre si - abertos seis dias por semana entre as 11h00 e as 20h00 - disponibilizando um serviço de click & colect que permite realizar compras online, via telefone ou email diretamente com as lojas e fazer a recolha e levantamento sem ter de sair do carro.

Chicco

Desde 4 de maio que a marca especializada em cuidados do bebé abriu algumas das suas lojas de rua espalhadas pelos país assegurando todas as normas de segurança e higiene.

Além do uso da máscara obrigatório no interior da loja, a entrada está condicionada a uma pessoa de cada vez e todas as pessoas devem manter a distância de segurança recomendada de dois metros.

De forma a facilitar as compras dos clientes e minimizar o tempo de visita, a marca mantém o serviço de atendimento personalizado por telefone que lançou em abril, com marcações através do site.

Os estabelecimentos estão abertos diariamente, das 10h00 às 17h00.

Confira as lojas abertas:

Lisboa: Av. Casal Ribeiro

Porto: R. de Santa Catarina (Loja outlet e com nova coleção 2020

Braga: Largo S. Francisco

Aveiro: Av. Dr. Lourenço Peixinho

Faro: R. Teixeira Guedes

Madeira: R. do Bispo e MadeiraShopping (horário especial: 12h00 - 20h00)

C&A

A marca, que se prepara para abrir as suas lojas em Portugal a partir de 1 de junho, anunciou o lançamento de um plano estratégico com medidas excecionais orientadas para reforçar a limpeza e higiene e manter as normas de distanciamento. Estas são as principais medidas:

COVID-19: Centros comerciais querem reabrir todas as lojas já na segunda-feira
COVID-19: Centros comerciais querem reabrir todas as lojas já na segunda-feira
Ver artigo

1. Limitação de capacidade e informação detalhada em loja

De forma a cumprir as normas de distanciamento, a marca adaptou as suas operações com o objetivo de limitar a capacidade de pessoas nas lojas. Além disso, os elevadores serão maioritariamente para utilização de pessoas com mobilidade reduzida, uma única pessoa ou um grupo familiar completo. Os clientes contarão com sistemas de informação em todas as áreas da loja (infografia na entrada, na zona das caixas e mensagens nos sistemas audiovisuais) e na entrada estará um colaborador a informar quanto às medidas e a oferecer gel desinfetante para uso pessoal.

2. Provadores e peças desinfetadas

A empresa vai ampliar, durante as primeiras semanas, o prazo de devolução para que os clientes possam experimentar a roupa em casa e utilizem os provadores o menos possível. Ainda assim, os mesmos estarão abertos e disponíveis para utilização sempre que forem necessários, seguindo o protocolo de desinfeção e segurança. As fichas que habitualmente se entregam ao cliente não serão distribuídas e os provadores serão usados de forma alternada e desinfetados após cada uso. Para além das peças devolvidas, as roupas que os clientes deixarem para trás ficarão em quarentena durante 48 horas antes de serem repostas em loja, sendo pulverizadas com desinfetante e alvo de vaporização com um ferro vertical para garantir uma maior higiene.

3. Painéis de proteção nas caixas

As caixas funcionarão de forma alternada (uma sim e outra não) para aumentar a distância entre clientes e pessoa, e irão ser instalados painéis de proteção para evitar aproximações entre os colaboradores, que terão a obrigação de usar máscaras. Serão colocados também autocolantes no chão para delimitar a distância entre clientes nesta zona. O pagamento em dinheiro é permitido, mas as transações com cartão serão encorajadas para evitar qualquer contacto. Estarão disponíveis aquagel e sprays desinfetantes. Para grávidas, maiores de 65 anos, pessoas dependentes ou com mobilidade reduzida, forças de segurança/polícias, pessoal de saúde e pais/mães com crianças menores de 3 anos, existirá prioridade em todas as caixas.

ZIPPY

Desde o início da semana passada que as lojas de rua de Bragança, Póvoa do Varzim, Madeira Shopping e La Vie Funchal estão abertas e a respeitar todas as medidas de segurança exigidas em plena pandemia. O uso de máscara é obrigatório para clientes e colaboradores, bem como a manutenção da distância de segurança de 2 metros. A marca tem à disposição, na entrada da loja e nos balcões de pagamento, gel desinfetante e aconselha os clientes a utilizar formas de pagamento alternativas ao dinheiro, como o cartão multibanco, MBWay ou contactless.

Existe ainda um serviço de atendimento via whatsapp ou telefone, com levantamento drive In (Arrábida, Braga Nova Arcada, Gaiashopping, Norteshopping, Via Catarina, Viana do Castelo, Colombo, Vasco da Gama, Cascais, Covilhã e Guia.) em que a encomenda é realizada a partir de casa e a entrega é feita no parque de estacionamento do centro comercial em local especifico para o efeito. Este método permite, mesmo com a loja fechada, oferecer um atendimento personalizado e esclarecer todas as dúvidas dos clientes, com toda a comodidade e segurança.

Graças ao atendimento express  - disponível apenas em Coimbra (Alma), Évora, Valongo, Vila Real, Fórum Coimbra, São João da Madeira, Rio Sul e Viseu (Palácio do Gelo) - o cliente ainda pode ser atendido à porta da loja, contando com o apoio e aconselhamento da equipa para fazer as suas compras.

As devoluções poderão ser efetuadas nas lojas já abertas ou com serviço express, sendo que rodos os artigos devolvidos serão sujeitos a uma quarentena de 48h.

FNAC

A marca vai reabrir todas as suas lojas - exceto as do Aeroporto de Lisboa, do Instituto Superior Técnico e Chiado - no dia 15 de maio. Para assegurar o atendimento, os serviços e a capacidade de resposta a que os clientes estão habituados mas agora num novo cenário, no início de maio a empresa já tinha optado por reabrir algumas das suas lojas com base no critério da facilidade de acesso às mesmas, cumprindo todas as normas de higiene e segurança vigentes, sendo a principal o acesso máximo de cinco clientes por cada 100 m2 de área de venda.

Todas elas vão funcionar em horário restrito das 11h às 20h, com equipas preparadas para simplificar ao máximo cada processo de compra.

Apenas os fóruns vão continuar com a programação suspensa em loja, mas a atividade cultural continua a acontecer nas redes sociais com regularidade. Reabrem também, na mesma data, as lojas PC CLINIC de Almada, Cascais, Colombo, Linda-à-Velha e NorteShopping.

Gostava de receber mais informações sobre este tema? Subscreva a nossa newsletter e as nossas notificações para que nada lhe passe ao lado.


Ajude-nos a completar este artigo. Envie informação para sapolifestyle@telecom.pt

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.