O sucesso do peplum levou a que inúmeros designers ampliassem a quantidade de folhos, transportando-os para tudo o que é peça. Balmain, então, usou e abusou deles na coleção de primavera/verão 2016. Ultra-femininos, românticos e super elegantes, quando bem vestidos, os folhos são a tendência que rima e combina com os meses de maior calor. Ainda assim, exigem alguns cuidados.

Tal como o peplum, folhos são sinónimo de volume, que se adiciona, geralmente, às zonas das ancas e cintura. Por isso, estão contraindicados a quem pretende disfarçá-las. Se for o caso, opte por tecidos lisos e evite padrões. Se os folhos engordam, os padrões não lhes ficam atrás. Nessa situação, faça jogos de cores, o aclamado color blocking.

Para um resultado que não comprometa a sua imagem, escolha um tom mais suave para a peça com folhos e deixe as cores fortes para a segunda peça (sem os folhos). Para looks ultra-femininos, não dispense os saltos altos em qualquer coordenado que inclua folhos. Um pormenor essencial que, além de alongar a silhueta, também lhe confere maior elegância.

Texto: Pureza Fleming

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.