A ditadura da imagem é grande. Existe uma grande quantidade de mulheres que gostariam de remodelar o seu corpo de uma forma natural e não permanente, sem terem que usar um implante mamário ou gordura ou até mesmo qualquer outro procedimento cirúrgico. Muitas delas mostram-se, no entanto, bastante reticentes à anestesia geral ou temem ficar com cicatrizes. Com o método de injeção de ácido hialurónico para remodelação corporal, o procedimento é rápido.

Além disso, não requer anestesia geral, o tempo do tratamento é mínimo e não implica deixar o exercício das atividades normais e laborais. É um gel de ácido hialurónico baseado na mesma tecnologia utilizada para o de preenchimento facial. A novidade é que este gel foi desenhado especialmente para remodelar o contorno corporal. Mediante uma simples e segura injeção, restaura o volume natural do corpo, devolvendo-lhe o seu aspeto original.

Outra das vantagens é que o faz melhorando o vigor de qualquer superfície corporal. Este novo tratamento só deve, no entanto, à semelhança de muitos outros, ser apenas realizado por profissionais da medicina. Uma das suas aplicações mais inovadoras é a remodelação do peito e o aumento de um número de sutiã, sem necessidade de recorrer a uma sala de cirurgia. Um verdadeiro sonho tornado realidade para muitas mulheres.

«A crescente procura de terapias de beleza não invasivas está a ser a maior tendência na medicina estética do século XXI», comentou publicamente Per Heden, professor sueco, um dos investigadores que participou no desenvolvimento clínico deste gel. «Trata-se de um procedimento que não deixa cicatriz, pode realizar-se com anestesia local e, ao fim de 30 a 45 minutos, a paciente pode regressar à sua vida normal de uma forma imediata», refere.

O poder do ácido hialurónico

O ácido hialurónico estabilizado é um açúcar natural presente em todos os órgãos do corpo. A principal função desta substância é atrair água, proporcionando volume à pele e lubrificando as articulações e os músculos. Um composto natural que cria volume e estrutura. O ácido hialurónico tem diversas funções no organismo, entre as quais a de proporcionar à pele volume e suavidade.

Tem também a particularidade de interagir com componentes vitais da pele, como as fibras de colagénio ou a elastina, proporcionando à pele estrutura e suavidade. O ácido hialurónico está presente na pele e em muitos outros tecidos. Consiste em moléculas de polisacáridos presentes de forma natural no organismo. A função principal do ácido hialurónico é reter a água no organismo, o que ajuda a lubrificar a pele.

O ácido hialurónico da pele é uma subestrutura que organiza outras substâncias como o colagéneo e a elastina, para proporcionar volume à pele. A distribuição do ácido hialurónico na pele altera-se com o passar do tempo. Sabendo que o ácido hialurónico ajuda a reter a água, esta capacidade de retenção diminui com a idade. Os resultados são uma pele mais fina, que perde volume e se torna mais flácida e menos elástica, o que dá origem ao surgimento de rugas e a uma aparência envelhecida.

Veja na página seguinte: As aplicações que podem ser feitas

As aplicações que podem ser feitas

Utiliza-se para conferir volume à pele. O ácido hialurónico injetado degrada-se de uma forma biológica e tem a capacidade de se integrar nos tecidos, permitindo a passagem dos nutrientes. Quando o conteúdo de ácido hialurónico aumenta graças ao tratamento com os geles, a pele torna-se mais suave, juvenil e o seu volume é recuperado. O organismo metaboliza gradualmente o ácido hialurónico estabilizado introduzido com os diferentes geles.

Em determinado momento, este será eliminado por completo. Este método utiliza ácido hialurónico de um tamanho menor que o usado em preenchimento facial e foi especificamente desenvolvido para o contorno corporal. Injeta-se directamente e apenas requer uma anestesia local. É um método ideal para modelar o corpo de forma ligeira e moderada, podendo ser utilizado para realçar e modelar o peito, o decote, o glúteos e a barriga das pernas.

Também é aplicado para restaurar o volume e suavizar as irregularidades da pele. Uma possível indicação são as deformidades pós lipo-aspiração ou de outros procedimentos cirúrgicos. Uma vez que é um composto endógeno, vai ser metabolizado gradualmente e será eliminado com o tempo. Contudo, podem-se realizar posteriormente tratamentos complementares e retoques.

Pequenas mudanças que criam uma grande diferença

O caso é público. Natália, 30 anos, foi uma das primeiras pacientes em Espanha a submeter-se a uma remodelação mamária com este tipo de gele. Mais tarde, comentou as suas expetativas e os resultados obtidos. «Eu sempre tive um peito normal em termos de tamanho. Devido a algumas circunstâncias, emagreci bastante e, proporcionalmente, o meu peito também. Perdi completamente o volume, quase dois tamanhos abaixo», recorda.

Na altura, desejava voltar a ter o peito que sempre tinha tido. «Comentei com uma amiga que gostaria de ter um peito mais cheio, mas, por outro lado, não queria submeter-me a uma cirurgia, nem tão-pouco desejava ter um peito excessivamente grande que nada tinha a ver com o meu corpo. Uns dias depois, leio num jornal acerca de um aumento mamário não cirúrgico e procurei aconselhar-me com um cirurgião plástico, que me fez decidir por esta opção», refere.

Não pretendia um tamanho grande mas apenas restaurar o volume do seu peito. «As minhas expetativas não eram certamente muito elevadas mas queria mesmo tentar, uma vez que o tratamento com este gel era natural e não requeria uma intervenção cirúrgica. Depois do tratamento notei uma grande diferença, vi-me com um peito mais redondo e jovem e senti-me verdadeiramente mais feminina e a minha autoestima melhorou», admite.

«Agora, posso vestir blusas justas, o que não pude fazer durante anos. Senti-me fantástica», assume. Quanto ao procedimento em si, não tem dúvidas. «Quando fui à clínica não estava nervosa porque já me tinham tranquilizado. Quando cheguei, falei com uma enfermeira e depois com o cirurgião, que me explicaram o tratamento, em que consistia e quais seriam os resultados. O tratamento não durou mais do que 15 minutos», refere.

Veja na página seguinte: As principais vantagens do tratamento

As principais vantagens do tratamento

Pouco tempo depois, foi para casa. «Depois, ainda permaneci na clínica uma hora antes de apanhar o autocarro para regressar a casa. Ao princípio, senti algum desconforto, que durou poucos dias. Mas assim que desapareceu, senti-me muito bem. Cada pessoa é diferente, mas este método resultou muito bem comigo. Não me importa absolutamente nada ter que voltar a pôr daqui a algum tempo», desabafa.

«Não pensarei duas vezes para voltar a fazer o tratamento», assegura ainda. «Não tenho qualquer interesse em submeter-me a uma cirurgia para implantar próteses mamárias», acrescenta ainda a espanhola. «Sentir-me novamente bela e atraente foi um sonho tornado realidade», afirma ainda.

As principais vantagens deste tratamento:

- Procedimento minimamente invasivo

- Procedimento ambulatório

- Curto período de recuperação e fácil

- Segurança

- Substância natural

- Soluções à medida dos pacientes

- Sem anestesia geral

- Resultado sem cicatrizes

- Resultado instantâneo e natural

A ter em conta

Este tratamento não requer anestesia geral e demora entre 30 a 90 minutos, dependendo da quantidade de gel a injetar. Estes procedimentos devem ser realizados por cirurgiões que tenham uma experiência similar com injeções de gordura ou implantes permanentes e que tenham sido devidamente treinados pela empresa fabricante do gel. Dura entre 12 a 18 meses. Além do mais, este tratamento pode ser complementado com um retoque anual, melhorando as expetativas dos pacientes.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.