Diz ter mais de 40 anos, mas prometeu não
dizer mais a sua idade, porque acha que esta
«não tem de condicionar a nossa imagem», justifica.

A relações públicas acredita que tem uma boa
genética, mas cuida da sua pele, faz uma alimentação
cuidada, pratica desporto e não tem
problemas em assumir que já fez cirurgias
plásticas. A preocupação com o corpo vem dos tempos em que iniciou uma carreira como modelo.

«Fiz alguns retoques que me devolveram
o aspeto que tinha há uns anos atrás»,
refere a mulher que ganhou um protagonismo ainda maior a despir-se para um dos números da edição nacional da revista Playboy e a participar no programa de televisão «Perdidos na tribo». Sentir-se «bem por dentro e por fora»
é o seu segredo de beleza.

Ritual de beleza

Limpar a tez é um dos gestos de que nunca abdica. «Dou muita importância à higiene da pele de manhã e à noite.
Depois, hidrato-a com cremes que sejam adequados ao meu
tipo de pele (mista) e à idade. Para o rosto, estou a usar
produtos Gernétic e, para o corpo e mãos, uso Lierac. Além
disso, também tomo alguns suplementos», assume.

Cabelo cuidado

A saúde das suas hastes capilares também lidera a sua lista de preocupações. «Para além do champô, uso regularmente máscara para
hidratar o cabelo. A minha escolha recai em produtos Phyto.
Não tomo banho com água muito quente e seco o cabelo
com o secador na temperatura média. No cabeleireiro, faço
tratamentos de queratina», revela.

Perfume de eleição

Embora goste de muitas fragrâncias e aromas, tem um perfume de eleição. «Sou fiel ao Coco Mademoiselle (Chanel). Acho que se
identifica com a minha pele e comigo», justifica.

Tratamentos estéticos

Massagens e spas são duas palavras que fazem parte do seu dia a dia. «Uma a duas vezes por semana, faço radiofrequência,
massoterapia e mesoterapia na clínica Saudarte, no Porto,
que me ajudam a eliminar a gordura localizada, ativam a
drenagem linfática e tonificam a pele», refere.

Mas não só. «Faço também injeções
de vitaminas no rosto, que revitalizam e hidratam. Também
tenho muito cuidado com os meus dentes. Atualmente,
estou a usar um aparelho lingual, que não é visível por estar
colocado na parte de trás dos dentes», sublinha.


Veja na página seguinte: As cirurgias estéticas a que já se submeteu

Cirurgias estéticas

No início de 2011, o nome de Cláudia Jacques surgiu nas revistas cor de rosa por causa da rinoplastia que realizou.

«Recentemente, achei que estava na altura de dar um jeitinho
nas pálpebras porque estavam um pouco descaídas, o que
me dava um ar cansado. O Dr. Ibérico Nogueira fez um minilift
temporal que levantou e esticou um pouco a pele na zona
das têmporas e, com isso, recuperei o olhar que tinha há
alguns anos atrás sem perder os meus traços», afirma a autora do livro «O meu segredo», onde revela como consegue ser uma mulher bonita e realizada.

«Na mesma
altura, alarguei os cornetos do nariz porque tinha dificuldade
em respirar. O pós-operatório não foi nada doloroso, tanto
que nem tomei analgésicos. Anteriormente, já tinha feito
uma mamoplastia de aumento, porque depois de amamentar
fiquei com alguma hipotrofia mamária», desabafa.

No spa

Mulher que é mulher gosta de cuidar do corpo e Cláudia Jacques não é exceção. Antes pelo contrário! «Adoro massagens nem que sejam só de relaxamento, mas
normalmente deixo esses momentos para as férias para
repor as energias», refere a relações públicas, fã confessa de viagens e de destinos paradisíacos.

Exercício físico

O corpo tonificado que Cláudia Jacques exibe é uma das suas imagens de marca. O segredo está na atividade física que tanto gosta de praticar. «Gosto muito de fazer caminhadas ao ar livre e, no ginásio,
costumo fazer máquinas com o acompanhamento de um
personal trainer», revela.

Alimentação saudável

Em «Perdidos na tribo», a alimentação foi um dos seus maiores desafios por terras africanas. «Deixei de comer carne vermelha e enchidos há 13 anos.
Como peru e frango, mas privilegio o peixe, sobretudo,
dourada, linguado e pescada. Tenho algum cuidado com o
bacalhau, lulas e polvo porque têm muito mercúrio que é
nocivo para o organismo», lamenta.

«Também adoro massas, legumes,
sopa, fruta e cereais. Como requeijão e queijo fresco em vez
de manteiga, cozinho com azeite e evito fritos. Não bebo
refrigerantes e bebo muita água com limão para desintoxicar
o organismo. Gosto de chocolate, mas opto pelo negro por ser
antioxidante», acrescenta ainda.

O seu ponto forte e o seu ponto fraco

«Aprendi há muito tempo a gostar de mim e a aceitar-me
como sou, pois se não gostarmos de nós próprias isso nota-se
na nossa aparência física, na maneira como caminhamos e
até na nossa voz. As outras pessoas
elogiam-me o sorriso e os
olhos por serem muito expressivos», avança.

O seu ponto fraco é a altura. «Tenho 1,67 m, mas gostava de ser um pouco mais alta e
não gosto das manchas que tenho no rosto e que estou a
combater com o produto Cosmelan da Mesoestetic», revela ainda a relações públicas.

Texto: Rita Caetano

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.