A electroacupunctura estética é, provavelmente, a área da acupuntura que mais desenvolvimento sofreu nos últimos anos. Baseia-se nos princípios tradicionais da Medicina Tradicional Chinesa, mas sobretudo em investigação científica recente.

Dados históricos revelam que a eletricidade começou a ser usada há cerca de 2500 anos a C., na era do Egito Antigo. Os estímulos elétricos eram, então, conseguidos através da utilização de peixes que produziam uma descarga elétrica.

A eletroterapia foi, entretanto, desenvolvida e aperfeiçoada ao longo dos anos e, nos dias de hoje, é uma ferramenta útil e eficaz na aplicação a diversos tipos de cuidados, incluindo na vertente da estética. A electroacupunctura na estética, nomeadamente ao nível da redução da gordura localizada, da celulite, das estrias e ainda na redução de rugas, não poderia ser mais satisfatória e gratificante.

O combate à celulite e à gordura localizada, assim como o rejuvenescimento, nomeadamente ao nível da redução de rugas, são os cuidados de estética mais procurados.

Combate à celulite

No âmbito da Medicina Tradicional Chinesa, todos os cuidados se iniciam com a reposição do equilíbrio energético geral do organismo de forma a melhorar as suas funções fisiológicas e a torná-los efetivos e duradouros. O cuidado redutor da gordura localizada consiste na inserção de agulhas, ligadas a elétrodos, na zona de concentração da gordura. O estímulo elétrico vai provocar o rompimento e a desintegração das células gordas (adipócitos), que por sua vez serão eliminadas por via metabólica (urinária e fecal).

São diversos os casos de clientes com gordura abdominal que recorrem à electroestimulação, verificando-se uma média de um centímetro de redução por cada sessão de tratamento. Esta média poderá duplicar se as sessões forem acompanhadas de exercício físico e de uma boa dieta alimentar.

Ação de rejuvenescimento

O cuidado estético, que visa atenuar as rugas, é executado de forma faseada. A primeira fase consiste em harmonizar todos os grupos musculares faciais através da electroestimulação. A face recupera, assim, a sua estrutura fisionómica e a sua simetria originais.

A segunda fase do tratamento é, essencialmente, focada nas rugas. Através da acupuntura, ou seja, da inserção estratégica de agulhas nas zonas afetadas, é criado um nivelamento e redução do corpo e do comprimento da ruga. A terceira fase consiste na aplicação do pó de pérola, produto utilizado, desde a antiguidade, pelas imperatrizes chinesas devido às suas propriedades revitalizantes e anti-inflamatórias. Esta aplicação é realizada com uma massagem, específica para o rosto, e os resultados são visíveis logo após a primeira sessão.

Texto: Nuno Terroia, formado em acupuntura e fitoterapia (especialização em acupuntura estética), diretor técnico da Clínica Equilíbrio e Imagem
Agradecimentos: Clínica Equilíbrio e Imagem, Matosinhos

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.